No ano de 2018 o Brasil atingiu um recorde de mais de 3 milhões de pessoas desempregadas tentando por mais de 2 anos se realocar no mercado de trabalho. Isso demonstra o quão importante é investir em qualificação profissional, aumentando assim as chances de se conseguir um bom emprego e se diferenciar dos concorrentes. Nossa missão é facilitar ao máximo o acesso a conteúdo de qualidade de forma gratuita para que você possa evoluir profissionalmente.
5. Conforme as regras gerais o emolumento consular pela concessão do visto é de 35 euros (são excluidos desta regra o visto de trabalho, o visto de ensino que prevê o curso completo de educação nos estabelecimentos de ensino na Rússia, o visto do residente temporário e o visto para solicitar asilo – no caso da concessão destas categorias as tarifas cobradas continuam as mesmas).
Desde 1985 quando o Tratado de Schengen foi assinado, o seu tamanho já aumentou bastante. Hoje o Espaço Schengen já engloba 26 países diferentes, sendo 22 deles membros da União Europeia. Se a sua viagem inclui países fora do Tratado de Schengen, você vai precisar fazer imigração na saída, e caso retorne ao Tratado de Schengen, vai ter que fazer imigração novamente. 

Alessandro, desculpa responder isso. Nem todo lugar na Europa as pessoas sabem falar o inglês. Existe lugar que você até consegue se virar. Exemplo Alemanha, voce pode ir em um supermercado e mesmo sabendo ingles eles nao vao te responder porque não sabem falar. Eu te falo isso porque eu vou agora para Europa os trabalhos que eu vou fazer tive a sorte que preciso só do inglês. 

Eu tive passaporte americano em 2004,quando vencido renovei para ir a periguinação religiosa para Israel,agora preciso renovar e ter o visto novo americano,em Setembro vou fazer um passeio em Nova York com umas amigas. Só que meu primeiro passaporte depois que ele foi anulado eu rasguei todo e coloquei no lixo.Agora quando fui preencher o DS 160,eles pergunta se você já viajou para os Estados Unidos se sua resposta é sim tem de colocar data da viagem e o número do passaporte, a data eu sei de ida e volta mais o número do passaporte não tenho mais. Pergunto o que fazer.
parabéns pelo artigo, me ajudou bastante e lendo os comentários ( parabéns mais uma vez porque vi que você responde a todos) também consegui sanar muitas dúvidas que tinha sobre viajar pra Europa. Meu caso é o mesmo da maioria dos comentários: será minha primeira viagem desse tipo, inclusive fiz agora meu requerimento para o passaporte pois nem isso tenho ainda =) … também nem sabia a respeito do Espaço Schengen e estou pesquisando mais sobre ele mas já sei mais ou menos os países que o compõem. Meu medo (pavor na verdade) é o idioma pois sou amador e em conversação não tenho experiência alguma, somente leio bem mas pra ouvir sou péssimo… alguma dica?
Traga roupas leves e confortáveis, shorts e camisas ou blusas esporte, vestidos de verão e, obviamente, trajes de banho, saídas e sandálias. Lembre-se de que o topless e os biquínis fio-dental são proibidos na maior parte da Flórida. Não se esqueça de trazer um filtro solar, óculos de sol, chapéus e viseiras para protegê-lo do sol (ou você poderá comprá-los quando chegar aqui). Para os passeios noturnos, o esporte chique (calças compridas, camisas de colarinho, vestidos leves de algodão) é a indumentária apropriada para a maioria dos lugares, embora os homens devam considerar trazer um paletó esporte leve, caso uma ocasião mais formal em um restaurante ou hotel esteja no programa. Embora o clima da Flórida seja geralmente quente o ano todo, é uma boa idéia trazer um agasalho leve, caso esteja vindo para cá entre o final de novembro e o mês de março. Traga também um repelente de insetos e um guarda-chuva, ou capa de chuva leve, durante a estação das chuvas, que vai de junho a outubro. Mas, não precisa se preocupar, caso venha a esquecer alguma coisa, pois as lojas da Flórida oferecem tudo o que você precisar.
André, como residente você consegue viajar por todo o Schengen enquanto durar o seu visto. Caso queira ir a outro país da Europa, de fora do Schengen, você terá que passar pela imigração como qualquer turista. Este visto não te dá facilidade alguma para entrar em outros países como os citados. Eles avaliam apenas a nacionalidade de seu passaporte e não o local de residência.
Caso seu passaporte não tenha validade suficiente para se adequar às regras, não é necessário aguardar que ele perca a validade para dar entrada em um novo. O ideal, para uma boa rotina de viajante, é emitir um novo passaporte antes de o antigo entrar em seus últimos seis meses de validade. Isto garante que o documento esteja válido para viajar para a Europa e para outros países que sejam ainda mais exigentes.
The applicant after filling details on https://indianvisaonline.gov.in/ clicks 'Pay Now'. The applicant is redirected to Axis Bank payment gateway page and is presented with payment options like MasterCard and VISA. Cardholder enters his card number, expiry date, Name and CVV value and clicks 'Pay Now'. Incase cardholder Bank is enabled for 3D secure, then a page will appear for the cardholder to entire either his/her OTP/3D secure password. Else transaction would be processed. After successful completion of transaction, the applicant is redirected on to the https://indianvisaonline.gov.in/ with a successful receipt of payment.
Se você estiver solicitando um visto pela primeira vez, irá precisar fazer o agendamento das duas entrevistas no sistema. Aqui é importante observar que o sistema irá pedir para agendar a entrevista ao consulado/embaixada primeiro e depois irá pedir para agendar a pré-entrevista no CASV, então, preste atenção para marcar a pré em uma data anterior a entrevista no consulado. Não será possível marcar a pré-entrevista e a entrevista no mesmo dia.
Visitantes da Flórida que estejam viajando com um passaporte válido, provenientes da Grã Bretanha, Irlanda, Holanda, França, Alemanha, Espanha, Itália, Japão, Suécia, Portugal e Suíça (e de 16 outros países; visite travel.state.gov para ver a lista completa), não necessitam de visto para viagem de férias ou de negócios com permanência nos Estados Unidos de até 90 dias. No entanto, é preciso que todos os visitantes estejam de posse de passagens de ida-e-volta, ou de retorno ao país de origem. Para permanências mais longas, todos os visitantes internacionais precisam obter um visto B-2 (turista a passeio não imigrante), que é válido por seis meses.
Tem problema sim, Anderson. Tanto Portugal quanto Itália fazem parte do Espaço Schengen e um dos requisitos para ter a entrada autorizada é ter uma passagem de retorno ou saída de suas fronteiras. Se você já tivesse a cidadania não teria problema algum, mas como não tem ainda, voc~e tem que ir com passagem de retorno ou corre risco de nem ter o embarque autorizado.
Não esqueça de fazer o Seguro Viagem obrigatório para Europa (30mil euros)! Eu já precisei (contei aqui) e não tinha. Não cometa meu erro! Fazendo o seguro através do nosso link você não paga nada a mais e ainda nos ajuda a continuar viajando. Use o código EDUARDOEMONICA5 para ganhar 5% de desconto, e se pagar no boleto, ganha mais 5%. No cartão de crédito dá para parcelar em até 12x sem juros.
boa tarde Carlos, muito esclarecedor seu blog. minhas duvidas: eu e meu marido faremos uma viajem em março/2019 do brasil a Paris/roma/amsterdã. ja temos as passagens, e precisamos fazer as reservas de hotel/hostel ou albergue. vc tem dicas de melhores preços?? , pq estamos fazendo uma viajem com valores bem reduzidos e nao queremos gastar muito. ficaremos em acomodações simples la nosso passeios serão os maios basícos possiveis.
Peça recomendações ao concierge ou a um funcionário da recepção do seu hotel. Você poderá também procurar nas Páginas amarelas sob o título “Physicians” (Médicos). As cidades de maior porte possuem clínicas 24 horas, para o tratamento de moléstias mais comuns e pequenos ferimentos. Você poderá encontrar essas clínicas também nas Páginas Amarelas, ou então ligando para 4-1-1, Informações, e pedindo os números de telefone de clínicas e hospitais.

Depois, será necessário entrar no site oficial de Informação e Agendamento de Visto de Não Imigrante da embaixada dos EUA no Brasil, criar uma conta de usuário, inserir o número de confirmação DS-160, completar o processo de retorno dos documentos pelo serviço postal, pagar as taxas de solicitação do Visto de não Imigrante (MRV) e agendar uma entrevista na Seção Consular – há quatro disponíveis no Brasil: em Brasília, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo.
Na solicitação que deve ser feita individualmente, você deverá preencher todos os dados, documentos e até mesmo selecionar qual o posto que irá comparecer para levar os documentos originais. Somente depois de preencher toda a solicitação, o sistema irá gerar a GRU, Guia de Recolhimento da União que é uma espécie de “boleto bancário” que deve ser paga para a emissão do passaporte. A taxa para a emissão atualmente é de R$257,25.
Com o DS-160 preenchido em mãos e o Application ID anotado, é hora de acessar o site de vistos dos EUA para agendas as entrevistas (clique aqui para acessar o site). Dependendo do seu caso, pode ser necessário agendar uma pré-entrevista, no CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto) e uma outra entrevista subsequente no consulado ou embaixada. Em alguns casos de renovações, você pode ser dispensado da entrevista e só precisar comparecer à pré-entrevista do CASV. Cada caso é um caso, e somente o sistema de vistos ou a central de agendamento, poderá te informar como você deverá proceder.
Pra buscar o passaporte, basta retornar ao posto da PF na data estipulada. O documento deve ser retirado pela própria pessoa. Mesmo para os menores de 12 que não assinam, ou seja, têm em sua solicitação a marcação “menor não alfabetizado”, é preciso ele estar presente para a entrega do passaporte a um dos seus pais ou responsável legal. Não são os dois pais que precisam ir junto nessa etapa, apenas um já basta. Com passaporte em mãos, corra para casa e dê início a solicitação do visto.
A Carteira Internacional de Motorista é uma forma barata e útil de identificação para se ter à mão, mesmo que você não pretenda dirigir. Esta deverá ser emitida em seu próprio país, antes da viagem. Peça a sua carteira através da agência local ou nacional do seu automóvel clube. O requerimento normalmente exige uma ou duas fotos, carteira de motorista válida, uma forma adicional de identificação e o pagamento de uma taxa. A Carteira Internacional de Motorista não substitui a sua carteira de motorista normal, portanto, você deverá andar com ambas no bolso, caso planeje dirigir. A Carteira Internacional de Motorista é válida por um ano.
Minha dúvida é a seguinte; estou pretendendo viajar para a Europa em Março de 2019 por aproximadamente 25 dias. Com saída Recife Lisboa Recife. Em Lisboa tenho uma prima com cidadania que me dará uma carta convite, mas so pretendo visita-la por cinco dias apenas… Pois meu irmão que é cidadão britânico estará também em Portugal onde ficaremos esses cinco dias juntos e daí. Pretendo seguir com ele para Escócia, seu país de residência, onde ficarei uns 20 dias e retorno para Portugal no dia do embarque para Recife. Tenho todos os requisitos ja mencionados para apresentar na imigração de ambos os países; mas o problema e a pergunta que não quer calar é a seguinte: em 2009 eu fui para Portugal visitar essa mesma prima para passar o Natal, fiquei lá uma semana e segui viagem para Dublin pois ja tinha passagem e hospedagem paga… Era pra eu ter retornado para embarcar de volta pro Brasil na primeira demana de janeiro de Lisboa, mas acabei mudando meu itinerário e segui viagem para Escócia para romper a entrada de ano com meu irmão, acabei me empolgado e ultrapassei o tempo pernitido de 90 dias ainda na Escócia. Quando retornei para o Brasil por Londres claro fui interrogado pelos oficiais de imigração que carimbaram meu antigo passaporte… Bom agora depois de 9 anos ainda atendendo todos os requisitos quais as chances da minha entrada ser recusada? O fato de eu não ter registro de retorno ao Brasil por Portugal por ter ido pra Irlanda entende-se como se eu ainda estivesse por lá ilegalmente?
Para chamar a polícia, os bombeiros ou uma ambulância, disque 9-1-1. Esta chamada é gratuita em qualquer telefone público (não é necessário usar moedas). Nas vias expressas, há caixas com telefones de emergência instaladas aproximadamente a cada 1 quilômetro (meia milha) que o colocarão em contato com o auxílio necessário. Os motoristas podem discar *FHP (*347) nas rodovias interestaduais e auto-estradas da Flórida para chamar a Polícia Rodoviária da Flórida (polícia estadual).
Desde 1985 quando o Tratado de Schengen foi assinado, o seu tamanho já aumentou bastante. Hoje o Espaço Schengen já engloba 26 países diferentes, sendo 22 deles membros da União Europeia. Se a sua viagem inclui países fora do Tratado de Schengen, você vai precisar fazer imigração na saída, e caso retorne ao Tratado de Schengen, vai ter que fazer imigração novamente. 
Este site oferece relações completas, com resumo e “links” para os websites de atrações, sítios históricos e muito mais. Você poderá encontrá-los por região, clicando em “Destinações” para selecionar a região do estado que irá visitar, selecionando então dentre as opções na lista da esquerda, ou clicando em “Experiências”, no menu próximo ao topo da tela.
Os pais ou guardiães legais tem que assinar a autorização de viagem perante um notário/tabelião ou terem suas assinaturas autenticadas por um notário público/tabelião. A autorização de viagem deve conter uma data de expiração, determinada pelos pais ou guardiães legais. Se a validade não for especificada, autorização será considerada válida por dois anos. Duas cópias são necessárias: uma para ficar retida com o agente supervisor da Polícia Federal na inspeção de embarque e a segunda para permanecer com o menor/adolescente. Cada viagem requer autorizações separadas. Para maiores informações favor verificar o Manual relativo a Viagens de Menores Brasileiros ao Exterior (PDF – 1.89MB).
Nos EUA, a gorjeta é uma recompensa usual para bons serviços. Em restaurantes, bares e clubes noturnos, você deverá dar aos atendentes uma gorjeta equivalente a 15% do total da conta (antes do acréscimo do imposto) pelos bons serviços, ou 20% por um excelente serviço. Alguns restaurantes já incluem a gratificação no valor total conta, portanto, pergunte ao garçom antes de pagar a conta, para evitar pagar a mais (na nota estará dito “gratuity included”, ou seja, “gratificação incluída”, se esse for o caso).
Nara, este valor não é uma estimativa de gastos, já que cada viajante tem um orçamento diferente. É um valor mínimo que podem exigir comprovação para autorizar sua entrada no Espaço Schengen. Eu já ouvi quem diga que, caso você viaje com as hospedagens pagas, o valor a comprovar pode ser menor, mas como não encontrei esta informação oficialmente em nenhum lugar, não dou certeza e nem recomendo que se viaje contado com isso.
Gostei muito do seu post, principalmente por ter encontrado um ponto sobre o qual ninguém trata: datas não estabelecidas de retorno e viagem de longo prazo, o que me deixava insegura. Tenho viagem marcada para a Bélgica e de lá sigo para a Romênia, de onde continuo a viagem por terra (blablacar, carona, bus) pelo leste europeu. Por isso não quis pagar as taxas abusivas de passagem em aberto ou com possibilidade de alteração.
×