Os visitantes provenientes de todos os demais países além dos citados anteriormente precisam de um visto dos Estados Unidos, que pode ser obtido através do consulado ou embaixada americana mais próxima. Marque uma entrevista com bastante antecedência à data em que planeja viajar, pois pode haver espera. Consulte a embaixada sobre quais formulários precisará preencher, que taxas deverá pagar (guarde o recibo) e que documentos deverá trazer para a entrevista. Os vistos geralmente são emitidos cerca de três semanas após a entrada do pedido no consulado.

A ordem executiva expedida na sexta-feira dia 27 de janeiro explicitamente revogava a isenção da entrevista para renovação de vistos ("visa interview waiver"), criada durante o governo Obama. A imprensa americana (veja aqui e aqui) interpretou a lei ao pé da letra: a partir de agora, quem fosse renovar o visto americano perderia o benefício da isenção de entrevista, e precisaria agendar entrevista como os solicitantes de primeiro visto -- o que causaria confusão em consulados ao redor do mundo.
Exige-se licença para a pesca em água doce e salgada no estado da Flórida, e esta pode ser obtida em muitas marinas, lojas de material para pesca e na Coletoria de Impostos do condado local. Para obter informações mais detalhadas e inteirar-se dos regulamentos para caça e pesca de água doce e salgada, bem como sobre os melhores locais para se observar animais selvagens, as melhores trilhas naturais e sobre segurança no uso de embarcações, visite: www.myfwc.com
Caso seu passaporte não tenha validade suficiente para se adequar às regras, não é necessário aguardar que ele perca a validade para dar entrada em um novo. O ideal, para uma boa rotina de viajante, é emitir um novo passaporte antes de o antigo entrar em seus últimos seis meses de validade. Isto garante que o documento esteja válido para viajar para a Europa e para outros países que sejam ainda mais exigentes.
Meu filho, menor, irá passar alguns dias na Espanha hospedado no apto de amigos. Além de não ter certeza de qual é o visto que tem (estão fazendo um doutorado), gostaria de poupá-los do trabalho burocrático da carta convite. Sabem me dizer se a hospedagem de menor desacompanhado é legal por lá? Poderíamos fazer uma reserva no Booking no nome dele sem problemas?

Prova de residência no seu país de origem, para onde tenha intenção de retornar ao final de sua viagem para os Estados Unidos.  Essa prova normalmente é estabelecida através de família, trabalho, propriedades e outros laços ou compromissos para com seu país de origem e que seja(m) suficiente(s) para forçar o solicitante a voltar quando do final de sua viagem.
Oi Carlos, vou viajar para Florença e ficarei hospedada durante 25 dias na casa de uma amiga que é italiana, eu entendi que ela deve fazer “Na internet há vários modelos de carta-convite já prontos para serem preenchidos. Peça ao seu anfitrião que redija a carta no idioma do país onde ele mora e que ao final, leve a um órgão correspondente do país para registrá-la oficialmente.”, mas como fazer depois que ela registrar? Deve me enviar essa carta,?Pode ser por email? Devo apresentar na imigração no aeroporto? Obrigado.

Chegou a hora de levar todos os documentos, certidões e comprovantes ao posto de atendimento da PF na sua cidade. Em algumas cidades, é necessário o agendamento prévio para comparecer ao posto em dia e horário determinados. Não é mais necessário levar foto para esse dia, já que atualmente a foto do passaporte é tirada na hora (vale a dica aí pra dar uma penteada antes de sair de casa).
Para chamar a polícia, os bombeiros ou uma ambulância, disque 9-1-1. Esta chamada é gratuita em qualquer telefone público (não é necessário usar moedas). Nas vias expressas, há caixas com telefones de emergência instaladas aproximadamente a cada 1 quilômetro (meia milha) que o colocarão em contato com o auxílio necessário. Os motoristas podem discar *FHP (*347) nas rodovias interestaduais e auto-estradas da Flórida para chamar a Polícia Rodoviária da Flórida (polícia estadual).
Chegou a hora de levar todos os documentos, certidões e comprovantes ao posto de atendimento da PF na sua cidade. Em algumas cidades, é necessário o agendamento prévio para comparecer ao posto em dia e horário determinados. Não é mais necessário levar foto para esse dia, já que atualmente a foto do passaporte é tirada na hora (vale a dica aí pra dar uma penteada antes de sair de casa).
Oi Carlos, vou viajar para Florença e ficarei hospedada durante 25 dias na casa de uma amiga que é italiana, eu entendi que ela deve fazer “Na internet há vários modelos de carta-convite já prontos para serem preenchidos. Peça ao seu anfitrião que redija a carta no idioma do país onde ele mora e que ao final, leve a um órgão correspondente do país para registrá-la oficialmente.”, mas como fazer depois que ela registrar? Deve me enviar essa carta,?Pode ser por email? Devo apresentar na imigração no aeroporto? Obrigado.
Vou para a Europa dia 27/07 e retorno dia 05/09, minha passagem de ida é pela airfrance/klm Rio-Londres, porém peguei um stopover em Amsterdam. A minha imigração então vai ser em Amsterdam somente ou terei outra em Londres? Em amsterdam já reservei o hostel, mas em Londres ficarei na casa de uma amiga brasileira. Da tempo dela fazer a carta convite ou melhor eu fazer uma reserva no booking? De Londres sigo viagem para Lisboa por 2 dias (já comprei o voo pela eurowings) e trem para Algarve. Eu passo de novo pela imigração em Portugal? Sairei do Brasil, a princípio, com 2mil a 3mil euros em especie (pq creio que pelo limite e por segurança não deva sair com mais, certo?) + cartão de crédito platinum e black com limites bons e cartão de debito. Vale a pena os cartões pré pagos ou vc aconselha usar o débito do banco normal? (Meu banco é sangander) É suficiente? Meu seguro viagem foi emitido pelo cartão black também, o mesmo que comprei a passagem ida e volta, serve? Sigo depois de Algarve para Marbella, Valencia, Barcelona e Madrid. (Ainda não vi passagens – marbella e valencia casa de amigos, barcelona airbnb e madri hostel. Meu voo é Madri – Rio com stopover em Paris (já tenho a reserva do hostel). A minha duvida: quantas imigrações eu passo? Preciso apresenter todos os comprovantes de hospedagens e passagens internas? O que aconselha? Desde já agradeço. Abraços, Patricia. 

boa tarde Carlos, muito esclarecedor seu blog. minhas duvidas: eu e meu marido faremos uma viajem em março/2019 do brasil a Paris/roma/amsterdã. ja temos as passagens, e precisamos fazer as reservas de hotel/hostel ou albergue. vc tem dicas de melhores preços?? , pq estamos fazendo uma viajem com valores bem reduzidos e nao queremos gastar muito. ficaremos em acomodações simples la nosso passeios serão os maios basícos possiveis.
Olá, irei com meu Filho Para Lisboa e lá ficaremos 3 dias para seguir até Paris. Passaremos apenas 1 dia e iremos para Londres. De lá, voltaremos ao Brasil!Eu e meu filho de 14 anos. Gostaria de saber se passaremos por imigração nos três países e sei que devo levar uma quantia em dinheiro. Eu preciso apresentar na Imigração de Lisboa uma quantia que comprove minha estadia durante toda a viagem ou apenas a quantia de cada país em cada imigração? Outra coisa é que meu cartão de crédito internacional tem limite baixo de R$ 2.600,00, mas separei uma média de 110 Euros por dia. É suficiente?

– A maioria dos países exige uma quantia de 65 euros/dia, mas não sei se terei esse valor exato (possivelmente um pouco menos). A comprovação é sempre checada nas imigrações ou nem sempre? É realmente calculada ou é apenas preciso comprovar um quantia (aceitável)? (Ex: Para 30 dias precisaria comprovar o equivalente a 1.950.00 Euros ou terei problemas se chegar com um comprovante de, por exemplo, 1.700,00?).


Os táxis (chamados em inglês de “taxis” ou “cabs”) são facilmente encontrados nas saídas de aeroportos, terminais de transporte público e grandes hotéis. Você poderá pedir ao concierge ou a alguém na recepção do seu hotel para lhe dar o número do telefone do serviço de táxi, ou para chamar um táxi para você. Outra alternativa é procurar nas Páginas Amarelas sob o título “Taxicabs.”


Já a entrevista consular, pode ser feita em São Paulo, Rio, Brasília ou Recife. O processo aqui é mais demorado e o cônsul irá determinar se você poderá ou não ter o visto dos EUA. Vale de novo a recomendação de levar documentos que comprovem os seus vínculos com o Brasil e que você tem intenção de retornar ao país depois de uma viagem aos EUA. Na grande maioria dos casos, a gente gasta um tempão arrumando tudo e eles não pedem nada, mas é melhor prevenir do que remediar né? Vale também lembrar que existem alguns casos de pessoas que são isentas de entrevista consular, como mencionei acima. Clique aqui para ver os requisitos oficiais desde fevereiro/2017.
Irei sozinha para Paris, Munique, Praga, Viena, Bratislava, Budapeste, Zagrebe, e cidades da Itália. Serão 28 dias. Vou com a Maioria dos voucher de passagens pagas, e passagem de retorno para o Brasil saindo de Roma, todas as hospedagens também quitadas… pretendo levar a quantia de 1500 euros em especie e 2 cartões internacionais(1 com 1300 euros de limite e outro com 500 euros de limite). Eu vi no Post que a media segura é de 65 euros por dia, no meu caso será menos que 55 euros por dia (em especie), Como já terei pago as passagens e os hotéis, mesmo assim você acha mais seguro ir com 65 diários? Ou posso ir tranquila já que a maior parte do gasto já estará paga.
Leticia, para Londres os requisitos de entrada não são necesariamente os mesmos do restante da Europa porque o Reino Unido não faz parte do Espaço Schengen. No entanto, eu recomendo seguir o mesmo padrão europeu, levando os mesmos documentos (seguro viagem, comprovante de estadia, passagem de volta, etc) pois garante que não terá problemas na entrada.

Eu tive passaporte americano em 2004,quando vencido renovei para ir a periguinação religiosa para Israel,agora preciso renovar e ter o visto novo americano,em Setembro vou fazer um passeio em Nova York com umas amigas. Só que meu primeiro passaporte depois que ele foi anulado eu rasguei todo e coloquei no lixo.Agora quando fui preencher o DS 160,eles pergunta se você já viajou para os Estados Unidos se sua resposta é sim tem de colocar data da viagem e o número do passaporte, a data eu sei de ida e volta mais o número do passaporte não tenho mais. Pergunto o que fazer.
Você poderá requerer sua licença de casamento no Cartório da Comarca, em qualquer distrito da Flórida. Ambos os noivos devem possuir um passaporte válido e caso se faça necessário, virem acompanhados por um tradutor que possua carteira de motorista americana válida nos Estados Unidos. Não é exigido exame de sangue, e não há período de espera para o casamento de pessoas não residentes na Flórida. A licença tem validade de 60 dias.
Mas se você vai ficar na casa de alguém, vai precisar de uma carta convite. A pessoa que vai te fornecer a carta convite precisa ser cidadão europeu ou residir legalmente no Espaço Schengen com visto de residência permanente e vai precisar registra a carta oficialmente no órgão correspondente. Não vale carta de alguém que está estudando com visto temporário, por exemplo. 

Olá! Vou passar três meses estudando em uma universidade de Frankfurt, onde consegui uma bolsa de estudos. Como seriam apenas três meses, não vi necessidade de visto. Na hora de comprar as passagens, fiz uma conta rápida de dias, mas hoje descobri a calculadora oficial e a contagem está em 91 dias. Se eu for passar uns dias em Londres, fora da zona schengen, isso resolveria o problema? Obrigada
Ao marcar a caixa de seleção, fornecendo o endereço de e-mail e selecionando "Registre-se", você concorda que seus dados pessoais sejam processados (no intervalo indicado no formulário acima) pela eSky.pl S.A. com sede em Radom – Polônia (administrador de dados) para marketing dos serviços da eSky.pl S.A., incluindo aqueles que se baseiam na análise das minhas preferências e comportamentos no site eSky.pl S.A., com a finalidade de enviar o e-mail mencionado acima.
In rare case of transaction status unknown to the applicant, which is when the applicant has not received success response due to time out or connectivity issue and the account has been debited, we advise the customer not to attempt another transaction immediately and rather provide their Order no. on the e-Visa site after 30 minutes to check the status of the transaction. If the transaction status is showing ?failed?, then customer may attempt another transaction. Also, the debited amount shall be refunded to the applicants? card account after reconciliation process within seven (7) days of transaction.
Pra buscar o passaporte, basta retornar ao posto da PF na data estipulada. O documento deve ser retirado pela própria pessoa. Mesmo para os menores de 12 que não assinam, ou seja, têm em sua solicitação a marcação “menor não alfabetizado”, é preciso ele estar presente para a entrega do passaporte a um dos seus pais ou responsável legal. Não são os dois pais que precisam ir junto nessa etapa, apenas um já basta. Com passaporte em mãos, corra para casa e dê início a solicitação do visto. 

Vou começar meu Work Exchange agora em novembro e tenho dúvidas em relação a comprovação financeira. Estou agora na Irlanda e o roteiro começa por Lisboa (30 dias), Sevilha (30 dias) e Toulouse (30 dias), daí saio do Espaço Schengen pra ficar mais 90 pela Croácia/Sérvia e então volto ao Espaço Schengen pela Alemanha para ficar mais 90 dias em Schengen. Entendi através dos comentários que só precisarei apresentar os documentos de seguro, comprovação financeira e carta de acomodação no ato de entrada do espaço (Lisboa), saída (Croácia) e entrada (Alemanha).
No caso de menores brasileiros adotados sob o processo da “Convenção de Haia” e que estejam saindo do Brasil pela primeira vez em companhia do(s) pais adotivo(s, deverá ser apresentado à Polícia Federal, no momento da fiscalização migratória, alvará judicial com autorização de viagem expedido nos termos do § 9, artigo 52, do Estatuto da Criança e do Adolescente com a redação dada pela Lei No. 12.010/09.

Prova de residência no seu país de origem, para onde tenha intenção de retornar ao final de sua viagem para os Estados Unidos.  Essa prova normalmente é estabelecida através de família, trabalho, propriedades e outros laços ou compromissos para com seu país de origem e que seja(m) suficiente(s) para forçar o solicitante a voltar quando do final de sua viagem. 

Os vistos de não-imigrantes são destinados a cidadãos de outros países que estejam indo temporariamente para os EUA. O visto permite que você viaje a uma porta de entrada nos EUA (aeroporto, por exemplo) e solicite permissão de um funcionário do Serviço de Alfândega e Proteção de Fronteiras do Departamento de Segurança Interna (DHS) para entrar nos Estados Unidos. Um visto não garante a entrada nos Estados Unidos.
Se visitou já anteriormente um país inimigo do país que vai visitar agora e se tem o visto desse país no passaporte, talvez seja preferível entregar esse pas­saporte e pedir um novo. Com efeito, mesmo que possua a restante documen­tação em ordem, o facto de no seu pas­saporte constar a visita ao país inimigo é suficiente para que lhe seja recusada a admissão no país que agora pretende visitar.
Agora, internamente na Itália eu não sei dizer se aceitam que entre no país com os documentos que ela tem. Nisso vocês saberão dizer melhor do que eu. Talvez seja possível embarcar no Brasil com o passaporte brasileiro e desembarcar na Itália com algum documento oficial que ateste a cidadania, mas, novamente, não sei dizer sobre especificidades de leis locais. Sugiro que vocês aí na Itália verifiquem sobre esta alternativa.
Tem problema sim, Anderson. Tanto Portugal quanto Itália fazem parte do Espaço Schengen e um dos requisitos para ter a entrada autorizada é ter uma passagem de retorno ou saída de suas fronteiras. Se você já tivesse a cidadania não teria problema algum, mas como não tem ainda, voc~e tem que ir com passagem de retorno ou corre risco de nem ter o embarque autorizado.
Brasileiros fazendo turismo na Europa, dentro do espaço que engloba o Tratado de Schengen (os 26 países) não precisam providenciar um visto antes da viagem. Existe um acordo entre o Brasil e a Europa que dá a isenção de visto para Brasileiros que desejam fazer turismo na Europa por até 90 dias consecutivos ou 180 dias no ano (veja regras abaixo). O controle de imigração é feito na fronteira do país de entrada na Europa e o agente da imigração confere a documentação e carimba o passaporte. Só isso! 
×