Eu não veria problema em ir com o valor um pouco menor, MAS como sua passagem de saída é para 90 dias depois, isto pode acender um sinal de alerta para que façam te perguntar mais coisas. (quanto menor o tempo de viagem, menos perguntas costumam fazer) o pior que você pode fazer é dar a entender que parte do financiamento será obtido durante a viagem, porque pode ser interpretado como uma intenção de trabalhar ilegal.
Você encontrará muitas coisas que já conhece e ama, mas também descobrirá coisas novas, já que há algumas peculiaridades no país. Alguns exemplos são as unidades de medida, o fornecimento da rede elétrica, o horário comercial e os feriados oficiais. Sugerimos que você comece por uma breve visão geral dos costumes e da cultura dos EUA. Nessa seção você encontrará informações sobre viagens em família, planejamento de atividades,compras  e algumas informações sobre saúde e segurança no país. Independentemente da duração da sua viagem, essas seções ajudarão você a tomar decisões mais bem informadas.
Nara, este valor não é uma estimativa de gastos, já que cada viajante tem um orçamento diferente. É um valor mínimo que podem exigir comprovação para autorizar sua entrada no Espaço Schengen. Eu já ouvi quem diga que, caso você viaje com as hospedagens pagas, o valor a comprovar pode ser menor, mas como não encontrei esta informação oficialmente em nenhum lugar, não dou certeza e nem recomendo que se viaje contado com isso.

Caso seu passaporte não tenha validade suficiente para se adequar às regras, não é necessário aguardar que ele perca a validade para dar entrada em um novo. O ideal, para uma boa rotina de viajante, é emitir um novo passaporte antes de o antigo entrar em seus últimos seis meses de validade. Isto garante que o documento esteja válido para viajar para a Europa e para outros países que sejam ainda mais exigentes.


é importante tb vc saber q se vc nao for pegar um vôo direto BR – PT, ou seja, se for fazer conexao em outro país, vc tem q procurar informaçoes especificas, pq se eu nao me engano, vc passará pela imigraçao nesse país de conexao. digo isso pq conheco uma pessoa q vai a portugal mes q vem e vai fazer conexao na espanha e tá pegando informaçoes concretas sobre o caso. pode ser q nao precise de nada, mas é melhor ter tudo certinho na hora do q ficar plantado no aeroporto por causa de problemas com documentos.
DÚVIDAS SOBRE A EMISSÃO DO PASSAPORTE? Recomendo você ligar gratuitamente para o número 194, ou andar e-mail para a Polícia Federal no endereço faleconosco@dpf.gov.br. Mais uma vez, como a Renata e eu não somos especialistas em passaporte, as perguntas relacionadas ao tema que forem deixadas nos comentários dessa página, serão aprovadas, porém não respondidas. Melhor não falar nada do que falar qualquer achismo, certo?
é importante tb vc saber q se vc nao for pegar um vôo direto BR – PT, ou seja, se for fazer conexao em outro país, vc tem q procurar informaçoes especificas, pq se eu nao me engano, vc passará pela imigraçao nesse país de conexao. digo isso pq conheco uma pessoa q vai a portugal mes q vem e vai fazer conexao na espanha e tá pegando informaçoes concretas sobre o caso. pode ser q nao precise de nada, mas é melhor ter tudo certinho na hora do q ficar plantado no aeroporto por causa de problemas com documentos.
5. Conforme as regras gerais o emolumento consular pela concessão do visto é de 35 euros (são excluidos desta regra o visto de trabalho, o visto de ensino que prevê o curso completo de educação nos estabelecimentos de ensino na Rússia, o visto do residente temporário e o visto para solicitar asilo – no caso da concessão destas categorias as tarifas cobradas continuam as mesmas).
Nossos Cursos Online Com Certificado de conclusão são válidos para você comprovar suas Atividades Complementares na faculdade e estão de acordo com a Lei 9394/96. São diversas categorias a sua disposição, como; Cursos de Vendas e Comunicação, Cursos de Construção Civil, Cursos de Contabilidade e Finanças, Cursos de Administração , Cursos na Área da Educação, Cursos de Gastronomia Online, Cursos de Idiomas Online, Cursos de Idiomas Online e muito mais...
Oi Carlos, vou viajar para Florença e ficarei hospedada durante 25 dias na casa de uma amiga que é italiana, eu entendi que ela deve fazer “Na internet há vários modelos de carta-convite já prontos para serem preenchidos. Peça ao seu anfitrião que redija a carta no idioma do país onde ele mora e que ao final, leve a um órgão correspondente do país para registrá-la oficialmente.”, mas como fazer depois que ela registrar? Deve me enviar essa carta,?Pode ser por email? Devo apresentar na imigração no aeroporto? Obrigado.
The applicant after filling details on https://indianvisaonline.gov.in/ clicks 'Pay Now'. The applicant is redirected to Axis Bank payment gateway page and is presented with payment options like MasterCard and VISA. Cardholder enters his card number, expiry date, Name and CVV value and clicks 'Pay Now'. Incase cardholder Bank is enabled for 3D secure, then a page will appear for the cardholder to entire either his/her OTP/3D secure password. Else transaction would be processed. After successful completion of transaction, the applicant is redirected on to the https://indianvisaonline.gov.in/ with a successful receipt of payment.
Passaporte e visto americano são dois temas muito pedidos aqui no VPD e hoje vamos tentar ajudar a todos que buscam um passo a passo de como se preparar para uma viagem ao exterior. Vale lembrar que é recomendado que ambos passaporte e visto sejam obtidos antes mesmo da compra da passagens e reserva dos hotéis, pois sem eles uma pessoa não pode entrar nos EUA.
Tenho uma dúvida, se puder me ajudar. Em Novembro irei passar 15 dias na Europa, Amsterdam, Londres e Paris. Tenho tudo comprado, passagens ida e volta, hospedagens, seguro e estou levando em especie uma media de 110 euros por dia, fora meu cartão black. A dúvida é o seguinte, não tenho registro de emprego, trabalho na empresa do meu pai, é necessário comprovar emprego fixo ou algo do tipo para entrar?
como faço para tirar passaporte, quero tirar passaporte, como faço para tirar o visto, como faço para tirar o passaporte, quero tirar meu passaporte, como faço para tirar visto, como fazer meu passaporte, como tirar meu passaporte, como faço para tirar meu passaporte, COMO FAÇO PRA TIRAR MEU PASSAPORTE, como fazer para tirar o visto, adquirir passaporte, como faco para tirar um passaporte, como fazer para tirar o passaporte
Tenho uma dúvida, se puder me ajudar. Em Novembro irei passar 15 dias na Europa, Amsterdam, Londres e Paris. Tenho tudo comprado, passagens ida e volta, hospedagens, seguro e estou levando em especie uma media de 110 euros por dia, fora meu cartão black. A dúvida é o seguinte, não tenho registro de emprego, trabalho na empresa do meu pai, é necessário comprovar emprego fixo ou algo do tipo para entrar?

Visando alavancar o número de turistas, o Governo dispensou a exigência do visto brasileiro para cidadãos australianos, canadenses, japoneses e americanos. O decreto, publicado em junho deste ano, tem a intenção de incentivar os viajantes dessas nacionalidades a visitarem o país. A estimativa é de que, até 2022, o Brasil receba cerca de 12 milhões de turistas estrangeiros por ano.


Tem problema sim, Anderson. Tanto Portugal quanto Itália fazem parte do Espaço Schengen e um dos requisitos para ter a entrada autorizada é ter uma passagem de retorno ou saída de suas fronteiras. Se você já tivesse a cidadania não teria problema algum, mas como não tem ainda, voc~e tem que ir com passagem de retorno ou corre risco de nem ter o embarque autorizado.
Caso seu passaporte não tenha validade suficiente para se adequar às regras, não é necessário aguardar que ele perca a validade para dar entrada em um novo. O ideal, para uma boa rotina de viajante, é emitir um novo passaporte antes de o antigo entrar em seus últimos seis meses de validade. Isto garante que o documento esteja válido para viajar para a Europa e para outros países que sejam ainda mais exigentes.
A primeira etapa da solicitação do visto americano, é preencher o formulário de requisição que está disponível online (clique aqui para acessar o site do governo americano), o famoso formulário DS-160. O formulário está em inglês e também deve ser preenchido em inglês, mas o site oferece tradução das perguntas do formulário quando você passa o cursor do mouse sobre as frases. Nesse formulário, você vai preencher dados pessoais, de contato e informações sobre seu histórico de viagens, como por exemplo se já teve vistos negados ou se já foi deportado de algum país. No vídeo abaixo, eu explico passo a passo todos os campos do DS-160.
TRATADO DE SCHENGEN X UNIÃO EUROPEIA: Fazer parte na União Europeia não significa fazer parte do Tratado de Schengen, e vice-versa. Por exemplo: Liechtenstein, Islândia, Noruega, Suíça fazem parte do Tratado de Schengen, mas não fazem da União Europeia. Enquanto Irlanda, Reino Unido, Bulgaria, Chipre, Croácia e Romênia fazem parte da União Europeia, mas não fazem do Tratado de Schengen. Leia San Marino em 1 Dia: Tudo sobre o país mais antigo do mundo
The e-Visa fee payment status updation may take up to 2 hours due to technical reasons/network delays. Before re-applying, the applicants are requested to wait for 2 hours for payment status updating, after final submission of the application form and payment of the fee. In cases, where e-Visa fee has been deducted but status is not updated, the applicants are advised to verify their payment status by clicking on 'Verify Payment/Pay Visa Fee' tab or by clicking on the link Verify Payment.
SÃO 90 DIAS A CADA 180: O visto para a Europa que faz parte do Tratado de Schengen (26 países) é de 90 dias a cada 180 dias. Na prática você pode ficar 90 dias na Europa, 90 fora dela, pode voltar pra mais 90 dias e depois sair para 90 dias. No período de 6 meses, só pode ficar até 3 meses. Por exemplo: Você passou 20 dias viajando pela Itália e França. A partir da sua data de entrada na Itália, começou a contar os 90 dias de visto e os 180 dias de período da regra. Se voltar antes e fechar esses 180 dias, você terá apenas 60 dias para andar pelos países do Tratado de Schengen (26 países). Se você voltar depois que completou os 180 dias (a partir da data de entrada na Itália), você tem mais 90 dias para viajar livremente. 
Os vistos de não-imigrantes são destinados a cidadãos de outros países que estejam indo temporariamente para os EUA. O visto permite que você viaje a uma porta de entrada nos EUA (aeroporto, por exemplo) e solicite permissão de um funcionário do Serviço de Alfândega e Proteção de Fronteiras do Departamento de Segurança Interna (DHS) para entrar nos Estados Unidos. Um visto não garante a entrada nos Estados Unidos.
Os pais ou guardiães legais tem que assinar a autorização de viagem perante um notário/tabelião ou terem suas assinaturas autenticadas por um notário público/tabelião. A autorização de viagem deve conter uma data de expiração, determinada pelos pais ou guardiães legais. Se a validade não for especificada, autorização será considerada válida por dois anos. Duas cópias são necessárias: uma para ficar retida com o agente supervisor da Polícia Federal na inspeção de embarque e a segunda para permanecer com o menor/adolescente. Cada viagem requer autorizações separadas. Para maiores informações favor verificar o Manual relativo a Viagens de Menores Brasileiros ao Exterior (PDF – 1.89MB).
Leticia, para Londres os requisitos de entrada não são necesariamente os mesmos do restante da Europa porque o Reino Unido não faz parte do Espaço Schengen. No entanto, eu recomendo seguir o mesmo padrão europeu, levando os mesmos documentos (seguro viagem, comprovante de estadia, passagem de volta, etc) pois garante que não terá problemas na entrada.
Visitas a países inimigos. Se vai visi­tar dois países inimigos (por exemplo, Israel e a maioria dos Estados árabes), peça nos consulados dos países cm causa que lhe carimbem o visto no pas­saporte em folhas soltas que possam ser agregadas ao passaporte e retiradas depois da visita. Em alternativa, pode requerer um segundo passaporte em seu nome. válido só para um dos dois países inimigos para evitar quaisquer problemas ao chegar à fronteira.
bom dia, eu vou viajar para paris/França em janeiro de 2019. vou ficar 15 dias. passagem ida e volta, seguro viagem, carta convite. só vou levar 200 euros em especie. nao tenho cartão de credito e meu nome está sujo. meu irmao é cidadao frances e lá é ele que vai bancar todas as minhas despesas. se eu for questionado na imigração qual seria a minha conduta? obs estarei de ferias do trabalho e levarei o aviso de ferias original e outro traduzido para o frances, carimbado pelo rh da empresa onde trabalho.
bom dia, eu vou viajar para paris/França em janeiro de 2019. vou ficar 15 dias. passagem ida e volta, seguro viagem, carta convite. só vou levar 200 euros em especie. nao tenho cartão de credito e meu nome está sujo. meu irmao é cidadao frances e lá é ele que vai bancar todas as minhas despesas. se eu for questionado na imigração qual seria a minha conduta? obs estarei de ferias do trabalho e levarei o aviso de ferias original e outro traduzido para o frances, carimbado pelo rh da empresa onde trabalho. 

Os Estados Unidos anunciaram restrições sobre novas solicitações de visto no Irã, Líbia, Coreia do Norte, Somália, Síria, Venezuela e Iêmen. Estão isentas dessas restrições todos os atuais portadores de vistos , os quais têm permissão para viajar e solicitar sua entrada nos Estados Unidos. Nenhum visto existente será revogado. A categoria de visto e o tipo de solicitante de visto que poderão ser afetados, bem como as isenções disponíveis, variam de país para país.  

Eu tive passaporte americano em 2004,quando vencido renovei para ir a periguinação religiosa para Israel,agora preciso renovar e ter o visto novo americano,em Setembro vou fazer um passeio em Nova York com umas amigas. Só que meu primeiro passaporte depois que ele foi anulado eu rasguei todo e coloquei no lixo.Agora quando fui preencher o DS 160,eles pergunta se você já viajou para os Estados Unidos se sua resposta é sim tem de colocar data da viagem e o número do passaporte, a data eu sei de ida e volta mais o número do passaporte não tenho mais. Pergunto o que fazer.
TRATADO DE SCHENGEN X UNIÃO EUROPEIA: Fazer parte na União Europeia não significa fazer parte do Tratado de Schengen, e vice-versa. Por exemplo: Liechtenstein, Islândia, Noruega, Suíça fazem parte do Tratado de Schengen, mas não fazem da União Europeia. Enquanto Irlanda, Reino Unido, Bulgaria, Chipre, Croácia e Romênia fazem parte da União Europeia, mas não fazem do Tratado de Schengen. Leia San Marino em 1 Dia: Tudo sobre o país mais antigo do mundo
Na próxima página, preencha seu endereço, endereço de correspondência, telefones e e-mail. Na sequência, o formulário pede os dados do passaporte (tipo, número, data e local de emissão, data de validade e se você já perdeu ou teve um passaporte roubado) e da viagem (propósito – turismo, negócios, etc -, data estimada de chegada, tempo de permanência, endereço nos Estados Unidos e quem está pagando pela sua viagem).
Estou indo para Lisboa e Madrid. Chego a Lisboa as 6,30 e as 13,10 estou indo para Madrid (fico 6 dias) e depois volto a Lisboa para ficar mais 16 dias e volto para o Brasil. Tem algum problema de chegar e sair no mesmo dia? Quando voltar de Madrid tenha que passar pela alfandega de novo em Lisboa? Tenho todas as exigências como reserva nos hoteis, passagens de ida e volta, comprovante de suficiência financeira e seguro. Então, a única duvida é chegar pela Azul em Lisboa as 6,30 e sair pela tap para Madrid no mesmo dia.

Applicants may fill the online application form by going to the tab placed below. Once the form is filled and submitted, applicant must print the completed application form and sign and submit the physical copy along with the supporting documents and the Passport to the concerned Indian Visa Application Center (IVAC) or directly at the Indian Mission on the scheduled appointed date. The instructions for filling the form and scheduling the appointment can be seen at Instructions for Regular Visa Application.


A Passagem de volta para o Brasil ou de saída do Espaço Schengen (26 países) é frequentemente o documento mais exigido pelos oficiais da imigração. Tenha ela impressa nas mãos na hora de entrar na Europa. Se você não tiver a passagem de volta ou saída, abre margem para o oficial desconfiar que você esteja querendo imigrar ilegalmente, mesmo que não seja esse o caso. 

Os vistos de não-imigrantes são destinados a cidadãos de outros países que estejam indo temporariamente para os EUA. O visto permite que você viaje a uma porta de entrada nos EUA (aeroporto, por exemplo) e solicite permissão de um funcionário do Serviço de Alfândega e Proteção de Fronteiras do Departamento de Segurança Interna (DHS) para entrar nos Estados Unidos. Um visto não garante a entrada nos Estados Unidos.


A ordem executiva expedida na sexta-feira dia 27 de janeiro explicitamente revogava a isenção da entrevista para renovação de vistos ("visa interview waiver"), criada durante o governo Obama. A imprensa americana (veja aqui e aqui) interpretou a lei ao pé da letra: a partir de agora, quem fosse renovar o visto americano perderia o benefício da isenção de entrevista, e precisaria agendar entrevista como os solicitantes de primeiro visto -- o que causaria confusão em consulados ao redor do mundo.

Nos EUA, a gorjeta é uma recompensa usual para bons serviços. Em restaurantes, bares e clubes noturnos, você deverá dar aos atendentes uma gorjeta equivalente a 15% do total da conta (antes do acréscimo do imposto) pelos bons serviços, ou 20% por um excelente serviço. Alguns restaurantes já incluem a gratificação no valor total conta, portanto, pergunte ao garçom antes de pagar a conta, para evitar pagar a mais (na nota estará dito “gratuity included”, ou seja, “gratificação incluída”, se esse for o caso).


Visitas a países inimigos. Se vai visi­tar dois países inimigos (por exemplo, Israel e a maioria dos Estados árabes), peça nos consulados dos países cm causa que lhe carimbem o visto no pas­saporte em folhas soltas que possam ser agregadas ao passaporte e retiradas depois da visita. Em alternativa, pode requerer um segundo passaporte em seu nome. válido só para um dos dois países inimigos para evitar quaisquer problemas ao chegar à fronteira.
parabéns pelo artigo, me ajudou bastante e lendo os comentários ( parabéns mais uma vez porque vi que você responde a todos) também consegui sanar muitas dúvidas que tinha sobre viajar pra Europa. Meu caso é o mesmo da maioria dos comentários: será minha primeira viagem desse tipo, inclusive fiz agora meu requerimento para o passaporte pois nem isso tenho ainda =) … também nem sabia a respeito do Espaço Schengen e estou pesquisando mais sobre ele mas já sei mais ou menos os países que o compõem. Meu medo (pavor na verdade) é o idioma pois sou amador e em conversação não tenho experiência alguma, somente leio bem mas pra ouvir sou péssimo… alguma dica?
Visitantes da Flórida que estejam viajando com um passaporte válido, provenientes da Grã Bretanha, Irlanda, Holanda, França, Alemanha, Espanha, Itália, Japão, Suécia, Portugal e Suíça (e de 16 outros países; visite travel.state.gov para ver a lista completa), não necessitam de visto para viagem de férias ou de negócios com permanência nos Estados Unidos de até 90 dias. No entanto, é preciso que todos os visitantes estejam de posse de passagens de ida-e-volta, ou de retorno ao país de origem. Para permanências mais longas, todos os visitantes internacionais precisam obter um visto B-2 (turista a passeio não imigrante), que é válido por seis meses.

– A maioria dos países exige uma quantia de 65 euros/dia, mas não sei se terei esse valor exato (possivelmente um pouco menos). A comprovação é sempre checada nas imigrações ou nem sempre? É realmente calculada ou é apenas preciso comprovar um quantia (aceitável)? (Ex: Para 30 dias precisaria comprovar o equivalente a 1.950.00 Euros ou terei problemas se chegar com um comprovante de, por exemplo, 1.700,00?).
Vou para a Europa dia 27/07 e retorno dia 05/09, minha passagem de ida é pela airfrance/klm Rio-Londres, porém peguei um stopover em Amsterdam. A minha imigração então vai ser em Amsterdam somente ou terei outra em Londres? Em amsterdam já reservei o hostel, mas em Londres ficarei na casa de uma amiga brasileira. Da tempo dela fazer a carta convite ou melhor eu fazer uma reserva no booking? De Londres sigo viagem para Lisboa por 2 dias (já comprei o voo pela eurowings) e trem para Algarve. Eu passo de novo pela imigração em Portugal? Sairei do Brasil, a princípio, com 2mil a 3mil euros em especie (pq creio que pelo limite e por segurança não deva sair com mais, certo?) + cartão de crédito platinum e black com limites bons e cartão de debito. Vale a pena os cartões pré pagos ou vc aconselha usar o débito do banco normal? (Meu banco é sangander) É suficiente? Meu seguro viagem foi emitido pelo cartão black também, o mesmo que comprei a passagem ida e volta, serve? Sigo depois de Algarve para Marbella, Valencia, Barcelona e Madrid. (Ainda não vi passagens – marbella e valencia casa de amigos, barcelona airbnb e madri hostel. Meu voo é Madri – Rio com stopover em Paris (já tenho a reserva do hostel). A minha duvida: quantas imigrações eu passo? Preciso apresenter todos os comprovantes de hospedagens e passagens internas? O que aconselha? Desde já agradeço. Abraços, Patricia.

Para chamar a polícia, os bombeiros ou uma ambulância, disque 9-1-1. Esta chamada é gratuita em qualquer telefone público (não é necessário usar moedas). Nas vias expressas, há caixas com telefones de emergência instaladas aproximadamente a cada 1 quilômetro (meia milha) que o colocarão em contato com o auxílio necessário. Os motoristas podem discar *FHP (*347) nas rodovias interestaduais e auto-estradas da Flórida para chamar a Polícia Rodoviária da Flórida (polícia estadual).
Já a entrevista consular, pode ser feita em São Paulo, Rio, Brasília ou Recife. O processo aqui é mais demorado e o cônsul irá determinar se você poderá ou não ter o visto dos EUA. Vale de novo a recomendação de levar documentos que comprovem os seus vínculos com o Brasil e que você tem intenção de retornar ao país depois de uma viagem aos EUA. Na grande maioria dos casos, a gente gasta um tempão arrumando tudo e eles não pedem nada, mas é melhor prevenir do que remediar né? Vale também lembrar que existem alguns casos de pessoas que são isentas de entrevista consular, como mencionei acima. Clique aqui para ver os requisitos oficiais desde fevereiro/2017.
Para chamar a polícia, os bombeiros ou uma ambulância, disque 9-1-1. Esta chamada é gratuita em qualquer telefone público (não é necessário usar moedas). Nas vias expressas, há caixas com telefones de emergência instaladas aproximadamente a cada 1 quilômetro (meia milha) que o colocarão em contato com o auxílio necessário. Os motoristas podem discar *FHP (*347) nas rodovias interestaduais e auto-estradas da Flórida para chamar a Polícia Rodoviária da Flórida (polícia estadual).

Para chamar a polícia, os bombeiros ou uma ambulância, disque 9-1-1. Esta chamada é gratuita em qualquer telefone público (não é necessário usar moedas). Nas vias expressas, há caixas com telefones de emergência instaladas aproximadamente a cada 1 quilômetro (meia milha) que o colocarão em contato com o auxílio necessário. Os motoristas podem discar *FHP (*347) nas rodovias interestaduais e auto-estradas da Flórida para chamar a Polícia Rodoviária da Flórida (polícia estadual). 
×