Se visitou já anteriormente um país inimigo do país que vai visitar agora e se tem o visto desse país no passaporte, talvez seja preferível entregar esse pas­saporte e pedir um novo. Com efeito, mesmo que possua a restante documen­tação em ordem, o facto de no seu pas­saporte constar a visita ao país inimigo é suficiente para que lhe seja recusada a admissão no país que agora pretende visitar.
É conveniente pedir o visto com algu­mas semanas de antecedência — os Consulados de alguns países demoram vários dias a concede-lo. Por outro lado, se vai visitar mais do que um país, tem de contar com mais tempo, porque será necessário levar o passaporte aos diferentes consulados para que lhe sejam concedidos os diversos vistos. Além disso, pode ainda acontecer que o país que quer visitar não lenha consu­lado no nosso país. Nestes casos, ou existe um consulado de outro país que representa o primeiro e, portanto, con­cede os vistos para esse país, ou a do­cumentação terá que ser enviada para o país mais próximo do nosso em que exista um consulado do país em causa ou um consulado que o represente. Este processo torna obviamente mais demo­rada a obtenção do visto.
Estou indo para Lisboa e Madrid. Chego a Lisboa as 6,30 e as 13,10 estou indo para Madrid (fico 6 dias) e depois volto a Lisboa para ficar mais 16 dias e volto para o Brasil. Tem algum problema de chegar e sair no mesmo dia? Quando voltar de Madrid tenha que passar pela alfandega de novo em Lisboa? Tenho todas as exigências como reserva nos hoteis, passagens de ida e volta, comprovante de suficiência financeira e seguro. Então, a única duvida é chegar pela Azul em Lisboa as 6,30 e sair pela tap para Madrid no mesmo dia.
TRATADO DE SCHENGEN X UNIÃO EUROPEIA: Fazer parte na União Europeia não significa fazer parte do Tratado de Schengen, e vice-versa. Por exemplo: Liechtenstein, Islândia, Noruega, Suíça fazem parte do Tratado de Schengen, mas não fazem da União Europeia. Enquanto Irlanda, Reino Unido, Bulgaria, Chipre, Croácia e Romênia fazem parte da União Europeia, mas não fazem do Tratado de Schengen. Leia San Marino em 1 Dia: Tudo sobre o país mais antigo do mundo
Tem problema sim, Anderson. Tanto Portugal quanto Itália fazem parte do Espaço Schengen e um dos requisitos para ter a entrada autorizada é ter uma passagem de retorno ou saída de suas fronteiras. Se você já tivesse a cidadania não teria problema algum, mas como não tem ainda, voc~e tem que ir com passagem de retorno ou corre risco de nem ter o embarque autorizado.
Se visitou já anteriormente um país inimigo do país que vai visitar agora e se tem o visto desse país no passaporte, talvez seja preferível entregar esse pas­saporte e pedir um novo. Com efeito, mesmo que possua a restante documen­tação em ordem, o facto de no seu pas­saporte constar a visita ao país inimigo é suficiente para que lhe seja recusada a admissão no país que agora pretende visitar.
Olá! Vou passar três meses estudando em uma universidade de Frankfurt, onde consegui uma bolsa de estudos. Como seriam apenas três meses, não vi necessidade de visto. Na hora de comprar as passagens, fiz uma conta rápida de dias, mas hoje descobri a calculadora oficial e a contagem está em 91 dias. Se eu for passar uns dias em Londres, fora da zona schengen, isso resolveria o problema? Obrigada
Olá, irei com meu Filho Para Lisboa e lá ficaremos 3 dias para seguir até Paris. Passaremos apenas 1 dia e iremos para Londres. De lá, voltaremos ao Brasil!Eu e meu filho de 14 anos. Gostaria de saber se passaremos por imigração nos três países e sei que devo levar uma quantia em dinheiro. Eu preciso apresentar na Imigração de Lisboa uma quantia que comprove minha estadia durante toda a viagem ou apenas a quantia de cada país em cada imigração? Outra coisa é que meu cartão de crédito internacional tem limite baixo de R$ 2.600,00, mas separei uma média de 110 Euros por dia. É suficiente?
e-Visa fee is country/Territory specific. Bank transaction charges of 2.5% will be charged additionally on applicable e-Visa fees. The fee must be paid at least 4 days before the expected date of travel otherwise application will not be processed. To know the fee applicable on your Country/Territory please Click here (for e-Tourist Visa) and for other e-Visa Click here.
Vou começar meu Work Exchange agora em novembro e tenho dúvidas em relação a comprovação financeira. Estou agora na Irlanda e o roteiro começa por Lisboa (30 dias), Sevilha (30 dias) e Toulouse (30 dias), daí saio do Espaço Schengen pra ficar mais 90 pela Croácia/Sérvia e então volto ao Espaço Schengen pela Alemanha para ficar mais 90 dias em Schengen. Entendi através dos comentários que só precisarei apresentar os documentos de seguro, comprovação financeira e carta de acomodação no ato de entrada do espaço (Lisboa), saída (Croácia) e entrada (Alemanha).
Um visto é uma autorização oficial para entrar num país estrangeiro e viajar nesse país. O visto é geralmente carim­bado ou apenso ao passaporte pelo consulado do país estrangeiro em ques­tão. Na maioria dos casos, o visto indica o objectivo autorizado da viagem ao país a visitar (turismo, por exemplo) e o respectivo prazo de validade. No entanto, a concessão de um visto não garante a admissão no país para o qual foi concedido. Essa admissão está dependente da autoridade do posto de entrada, que pode ou não permiti-la.
Brasileiros fazendo turismo na Europa, dentro do espaço que engloba o Tratado de Schengen (os 26 países) não precisam providenciar um visto antes da viagem. Existe um acordo entre o Brasil e a Europa que dá a isenção de visto para Brasileiros que desejam fazer turismo na Europa por até 90 dias consecutivos ou 180 dias no ano (veja regras abaixo). O controle de imigração é feito na fronteira do país de entrada na Europa e o agente da imigração confere a documentação e carimba o passaporte. Só isso! 

Menores de 18 anos devem estar presentes, juntamente com seus pais e representantes legais. De acordo com o site da Polícia Federal, na ausência de um dos pais, é necessário apresentar o formulário de autorização descrito no passo 1 com a firma do pai/mãe ausente reconhecida em cartório ou procuração específica, autorizando a emissão de passaporte ao menor, outorgada por um genitor ao outro, lavrada em cartório (procuração pública) ou com firma reconhecida (procuração particular). Maiores de 18 anos, devem estar presentes no momento da entrega dos documentos.

Este site oferece relações completas, com resumo e “links” para os websites de atrações, sítios históricos e muito mais. Você poderá encontrá-los por região, clicando em “Destinações” para selecionar a região do estado que irá visitar, selecionando então dentre as opções na lista da esquerda, ou clicando em “Experiências”, no menu próximo ao topo da tela.
Documento de identidade para os maiores de 12 anos. Aqui são válidos: RG, CNH, CTPS, passaporte brasileiro anterior, carteira funcional ou de identidade expedida por órgão público e carteira de identidade expedida por órgão fiscalizador do exercício de profissão regulamentada por lei. Vale lembrar que pessoas com modificação de nome, como por exemplo, casamento ou divórcio, devem apresentar as certidões atualizadas e originais que comprovem a mudança. A Rê tomou maior bronca quando foi tirar o passaporte e todos os documentos dela tinham o nome de solteira, sorte que ela tinha uma certidão de casamento original em mãos.
A ordem executiva expedida na sexta-feira dia 27 de janeiro explicitamente revogava a isenção da entrevista para renovação de vistos ("visa interview waiver"), criada durante o governo Obama. A imprensa americana (veja aqui e aqui) interpretou a lei ao pé da letra: a partir de agora, quem fosse renovar o visto americano perderia o benefício da isenção de entrevista, e precisaria agendar entrevista como os solicitantes de primeiro visto -- o que causaria confusão em consulados ao redor do mundo.
Estou indo para Lisboa e Madrid. Chego a Lisboa as 6,30 e as 13,10 estou indo para Madrid (fico 6 dias) e depois volto a Lisboa para ficar mais 16 dias e volto para o Brasil. Tem algum problema de chegar e sair no mesmo dia? Quando voltar de Madrid tenha que passar pela alfandega de novo em Lisboa? Tenho todas as exigências como reserva nos hoteis, passagens de ida e volta, comprovante de suficiência financeira e seguro. Então, a única duvida é chegar pela Azul em Lisboa as 6,30 e sair pela tap para Madrid no mesmo dia.
TRATADO DE SCHENGEN X UNIÃO EUROPEIA: Fazer parte na União Europeia não significa fazer parte do Tratado de Schengen, e vice-versa. Por exemplo: Liechtenstein, Islândia, Noruega, Suíça fazem parte do Tratado de Schengen, mas não fazem da União Europeia. Enquanto Irlanda, Reino Unido, Bulgaria, Chipre, Croácia e Romênia fazem parte da União Europeia, mas não fazem do Tratado de Schengen. Leia San Marino em 1 Dia: Tudo sobre o país mais antigo do mundo
Você encontrará muitas coisas que já conhece e ama, mas também descobrirá coisas novas, já que há algumas peculiaridades no país. Alguns exemplos são as unidades de medida, o fornecimento da rede elétrica, o horário comercial e os feriados oficiais. Sugerimos que você comece por uma breve visão geral dos costumes e da cultura dos EUA. Nessa seção você encontrará informações sobre viagens em família, planejamento de atividades,compras  e algumas informações sobre saúde e segurança no país. Independentemente da duração da sua viagem, essas seções ajudarão você a tomar decisões mais bem informadas.

SÃO 90 DIAS A CADA 180: O visto para a Europa que faz parte do Tratado de Schengen (26 países) é de 90 dias a cada 180 dias. Na prática você pode ficar 90 dias na Europa, 90 fora dela, pode voltar pra mais 90 dias e depois sair para 90 dias. No período de 6 meses, só pode ficar até 3 meses. Por exemplo: Você passou 20 dias viajando pela Itália e França. A partir da sua data de entrada na Itália, começou a contar os 90 dias de visto e os 180 dias de período da regra. Se voltar antes e fechar esses 180 dias, você terá apenas 60 dias para andar pelos países do Tratado de Schengen (26 países). Se você voltar depois que completou os 180 dias (a partir da data de entrada na Itália), você tem mais 90 dias para viajar livremente. 


Carlos nasceu em Petrópolis/RJ. Quando tinha 20 anos decidiu que, sozinho, viajaria para o lugar mais distante que pudesse com o primeiro dinheiro que conseguiu acumular. Após muita pesquisa e economia, saiu do país pela primeira vez e rodou por quatro países. De ônibus. Nos anos seguintes dificilmente havia um em que não estivesse planejando outra viagem. Hoje o produto destas pesquisas é compartilhado publicamente aqui, no Vida Cigana.
The applicant enters necessary details on https://indianvisaonline.gov.in/, and clicks on 'Pay Now'. The applicant is redirected to SBIePay payment page and is presented with payment options of either entering Card details (Payment Gateway) or Paypal.Applicant enters his card details and clicks ?Proceed?. Now, either of the below mentioned 2 scenarios will occur:
Tenho uma dúvida, se puder me ajudar. Em Novembro irei passar 15 dias na Europa, Amsterdam, Londres e Paris. Tenho tudo comprado, passagens ida e volta, hospedagens, seguro e estou levando em especie uma media de 110 euros por dia, fora meu cartão black. A dúvida é o seguinte, não tenho registro de emprego, trabalho na empresa do meu pai, é necessário comprovar emprego fixo ou algo do tipo para entrar?
A ordem executiva expedida na sexta-feira dia 27 de janeiro explicitamente revogava a isenção da entrevista para renovação de vistos ("visa interview waiver"), criada durante o governo Obama. A imprensa americana (veja aqui e aqui) interpretou a lei ao pé da letra: a partir de agora, quem fosse renovar o visto americano perderia o benefício da isenção de entrevista, e precisaria agendar entrevista como os solicitantes de primeiro visto -- o que causaria confusão em consulados ao redor do mundo.
Estou indo para Lisboa e Madrid. Chego a Lisboa as 6,30 e as 13,10 estou indo para Madrid (fico 6 dias) e depois volto a Lisboa para ficar mais 16 dias e volto para o Brasil. Tem algum problema de chegar e sair no mesmo dia? Quando voltar de Madrid tenha que passar pela alfandega de novo em Lisboa? Tenho todas as exigências como reserva nos hoteis, passagens de ida e volta, comprovante de suficiência financeira e seguro. Então, a única duvida é chegar pela Azul em Lisboa as 6,30 e sair pela tap para Madrid no mesmo dia.

Estou indo para Lisboa e Madrid. Chego a Lisboa as 6,30 e as 13,10 estou indo para Madrid (fico 6 dias) e depois volto a Lisboa para ficar mais 16 dias e volto para o Brasil. Tem algum problema de chegar e sair no mesmo dia? Quando voltar de Madrid tenha que passar pela alfandega de novo em Lisboa? Tenho todas as exigências como reserva nos hoteis, passagens de ida e volta, comprovante de suficiência financeira e seguro. Então, a única duvida é chegar pela Azul em Lisboa as 6,30 e sair pela tap para Madrid no mesmo dia.


Na próxima página, preencha seu endereço, endereço de correspondência, telefones e e-mail. Na sequência, o formulário pede os dados do passaporte (tipo, número, data e local de emissão, data de validade e se você já perdeu ou teve um passaporte roubado) e da viagem (propósito – turismo, negócios, etc -, data estimada de chegada, tempo de permanência, endereço nos Estados Unidos e quem está pagando pela sua viagem).
TRATADO DE SCHENGEN X UNIÃO EUROPEIA: Fazer parte na União Europeia não significa fazer parte do Tratado de Schengen, e vice-versa. Por exemplo: Liechtenstein, Islândia, Noruega, Suíça fazem parte do Tratado de Schengen, mas não fazem da União Europeia. Enquanto Irlanda, Reino Unido, Bulgaria, Chipre, Croácia e Romênia fazem parte da União Europeia, mas não fazem do Tratado de Schengen. Leia San Marino em 1 Dia: Tudo sobre o país mais antigo do mundo 

4. Caso o solicitante entrega os documentos comprovativos para a concessão do visto num prazo de 3 dias ou menos antes da data da partida prevista é cobrado o emolumento consular de 70 euros. Esta disposição, conforme p.3 do Artigo 6 do Acordo sobre a facilitação da concessão dos vistos entre a Rússia e a UE, não é aplicada em relação a: a) membros de delegações oficiais os quais, na base dum convite oficial dirigido ao estado-membro da UE ou à União Europeia, participam em encontros oficiais, consultas, negociações ou programas de intercâmbios, bem como nos eventos realizados no território da Federação da Rússia por organizações intergovernamentais; b) pessoas de capacidades reduzidas e seus acompanhantes caso seja necessário; c) pessoas que apresentaram documentos comprovantes da necessidade de efectuar uma viagem de carácter humanitário, inclusive para tratamento médico de urgência, e seus acompanhantes, bem como para estar presente num enterramento ou visitar um próximo gravemente doente.


7. As seguintes categorias de pessoas são livres de pagarem emolumentos: a) parentes próximos – esposos, filhos (inclusive adoptados), pais (inclusive encarregados de educação ou tutores), avós, netos dos nacionais dos estados-membros da UE que residem legalmente no território da Rússia; b) membros das delegações oficiais, os quais na base dum convite dirigido ao Estado-membro ou à UE participam nos encontros oficiais, consultas, negociações ou programas de intercâmbio, bem como nos eventos organizados no território da Federação da Rússia por organizações intergovernamentais; c) membros dos governos e parlamentos nacionais ou regionais, tribunais constitucionais ou supremos, caso eles não são livres de necessidade de obter o visto (conforme o Acordo sobre a facilitação da concessão dos vistos entre a Rússia e a UE); d) alunos, estudantes, estudantes em pos-graduação que se dirigem para estudos ou estágio de estudos e professores que os acompanham; e) pessoas de capacidades reduzidas e seus acompanhantes caso seja necessário; f) pessoas que apresentaram documentos comprovantes da necessidade de efectuar uma viagem de carácter humanitário, inclusive para tratamento médico de urgência, e seus acompanhantes, bem como para estar presente num enterramento ou visitar um próximo gravemente doente; g) participantes nos eventos desportivos internacionais de juventude e seus acompanhantes; h) pessoas que participam nas actividades científicas, culturais ou outras de carácter criativo, inclusive nos programas de intercâmbio entre universidades e outros; i) participantes nos programas oficiais de intercâmbio entre as cidades geminadas.

Por exemplo: Você vai viajar com a sua mãe durante 15 dias. A soma dos valores do limite do seu cartão de crédito e dela, o dinheiro em espécie que cada um está carregando e o saldo bancário precisa ser superior a €1950 euros, ou €975 euros para cada um. Não importa se já está tudo pago, esse é o valor mínimo a ser comprovado para o oficial da imigração. Leia Quanto Custa Viajar pela Ásia, Europa e América do Sul
Depois, será necessário entrar no site oficial de Informação e Agendamento de Visto de Não Imigrante da embaixada dos EUA no Brasil, criar uma conta de usuário, inserir o número de confirmação DS-160, completar o processo de retorno dos documentos pelo serviço postal, pagar as taxas de solicitação do Visto de não Imigrante (MRV) e agendar uma entrevista na Seção Consular – há quatro disponíveis no Brasil: em Brasília, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo.
No caso de menores brasileiros adotados sob o processo da “Convenção de Haia” e que estejam saindo do Brasil pela primeira vez em companhia do(s) pais adotivo(s, deverá ser apresentado à Polícia Federal, no momento da fiscalização migratória, alvará judicial com autorização de viagem expedido nos termos do § 9, artigo 52, do Estatuto da Criança e do Adolescente com a redação dada pela Lei No. 12.010/09.
×