A Carteira Internacional de Motorista é uma forma barata e útil de identificação para se ter à mão, mesmo que você não pretenda dirigir. Esta deverá ser emitida em seu próprio país, antes da viagem. Peça a sua carteira através da agência local ou nacional do seu automóvel clube. O requerimento normalmente exige uma ou duas fotos, carteira de motorista válida, uma forma adicional de identificação e o pagamento de uma taxa. A Carteira Internacional de Motorista não substitui a sua carteira de motorista normal, portanto, você deverá andar com ambas no bolso, caso planeje dirigir. A Carteira Internacional de Motorista é válida por um ano.
In rare case of transaction status unknown to the applicant, which is when the applicant has not received success response due to time out or connectivity issue and the account has been debited, we advise the customer not to attempt another transaction immediately and rather provide their Order no. on the e-Visa site after 30 minutes to check the status of the transaction. If the transaction status is showing ?failed?, then customer may attempt another transaction. Also, the debited amount shall be refunded to the applicants? card account after reconciliation process within seven (7) days of transaction.
Antes de iniciar o preenchimento, selecione a cidade onde você fará o processo de solicitação do visto (no Brasil, você pode escolher entre São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre e Recife) e clique em “Start an Application”. Anote o número do seu formulário e a resposta à pergunta de segurança. Certifique-se também de que possui todas as informações que serão pedidas, como passaportes (o atual e, se tiver, antigos), contato no Brasil e endereço e telefone do local onde pretende ficar nos Estados Unidos. 

Brasileiros fazendo turismo na Europa, dentro do espaço que engloba o Tratado de Schengen (os 26 países) não precisam providenciar um visto antes da viagem. Existe um acordo entre o Brasil e a Europa que dá a isenção de visto para Brasileiros que desejam fazer turismo na Europa por até 90 dias consecutivos ou 180 dias no ano (veja regras abaixo). O controle de imigração é feito na fronteira do país de entrada na Europa e o agente da imigração confere a documentação e carimba o passaporte. Só isso! 
Os visitantes provenientes de todos os demais países além dos citados anteriormente precisam de um visto dos Estados Unidos, que pode ser obtido através do consulado ou embaixada americana mais próxima. Marque uma entrevista com bastante antecedência à data em que planeja viajar, pois pode haver espera. Consulte a embaixada sobre quais formulários precisará preencher, que taxas deverá pagar (guarde o recibo) e que documentos deverá trazer para a entrevista. Os vistos geralmente são emitidos cerca de três semanas após a entrada do pedido no consulado.
Não esqueça de fazer o Seguro Viagem obrigatório para Europa (30mil euros)! Eu já precisei (contei aqui) e não tinha. Não cometa meu erro! Fazendo o seguro através do nosso link você não paga nada a mais e ainda nos ajuda a continuar viajando. Use o código EDUARDOEMONICA5 para ganhar 5% de desconto, e se pagar no boleto, ganha mais 5%. No cartão de crédito dá para parcelar em até 12x sem juros.
Para chamar a polícia, os bombeiros ou uma ambulância, disque 9-1-1. Esta chamada é gratuita em qualquer telefone público (não é necessário usar moedas). Nas vias expressas, há caixas com telefones de emergência instaladas aproximadamente a cada 1 quilômetro (meia milha) que o colocarão em contato com o auxílio necessário. Os motoristas podem discar *FHP (*347) nas rodovias interestaduais e auto-estradas da Flórida para chamar a Polícia Rodoviária da Flórida (polícia estadual). 

Olá Carlos, primeiramente parabéns pelo blog, gostei muito desde a primeira vez que conheci. Minha dúvida é se com o visto de residência que eu tenho aqui de Portugal eu consigo viajar por toda a Europa ou somente o espaço Schengen. Outra dúvida é se com esse visto de residência tenho entrada “facilitada” para outros países como EUA, Canadá e Austrália. Obrigado amigo 🙂
Estou indo para Lisboa e Madrid. Chego a Lisboa as 6,30 e as 13,10 estou indo para Madrid (fico 6 dias) e depois volto a Lisboa para ficar mais 16 dias e volto para o Brasil. Tem algum problema de chegar e sair no mesmo dia? Quando voltar de Madrid tenha que passar pela alfandega de novo em Lisboa? Tenho todas as exigências como reserva nos hoteis, passagens de ida e volta, comprovante de suficiência financeira e seguro. Então, a única duvida é chegar pela Azul em Lisboa as 6,30 e sair pela tap para Madrid no mesmo dia.
Os cheques de viagem ainda são o meio mais seguro de se viajar com grandes somas de dinheiro, sendo aceitos na maioria dos estabelecimentos. Os cartões de crédito são amplamente aceitos em hotéis, lojas, restaurantes e locadoras de veículos. Lembre-se que o imposto sobre vendas (normalmente entre 6 e 7 por cento) será acrescentado, no caixa, à maioria dos preços demarcados de mercadorias e serviços em lojas, restaurantes e atrações.
No ano de 2018 o Brasil atingiu um recorde de mais de 3 milhões de pessoas desempregadas tentando por mais de 2 anos se realocar no mercado de trabalho. Isso demonstra o quão importante é investir em qualificação profissional, aumentando assim as chances de se conseguir um bom emprego e se diferenciar dos concorrentes. Nossa missão é facilitar ao máximo o acesso a conteúdo de qualidade de forma gratuita para que você possa evoluir profissionalmente.
Caso concedido, o consulado/embaixada irá ficar com o seu passaporte para imprimir o visto. O tempo de processamento demora cerca de 10 dias. Dependendo da sua cidade ou endereço, o sistema de agendamento irá te oferecer diferentes opções de entrega, que pode ser via Correios (Sedex), Transportadora (DHL), ou retirada no local. No último caso, você deverá voltar ao consulado alguns dias depois de sua entrevista, com o protocolo em mãos em um horário reservado para a entrega dos passaportes – aí não existe mais agendamento e a fila é formada por horário de chegada.
O que nós fazemos desde sempre é: levar um pequeno valor em euro para emergência e um cartão internacional desbloqueado, e chegando no aeroporto de Paris, realizar os saques em qualquer caixa eletrônico compatível com sua bandeira. A taxa de saque sai mais barata do que a conversão em casas de câmbio. E cartão pré pago hoje em dia é muito pouco utilizado. Sobre o valor é um pouco difícil de dizer, pois nunca ficamos esses dias todos em Paris, então não sabemos o valor de passeios e tal. Hospedagem e alimentação na cidade são caros.

– A maioria dos países exige uma quantia de 65 euros/dia, mas não sei se terei esse valor exato (possivelmente um pouco menos). A comprovação é sempre checada nas imigrações ou nem sempre? É realmente calculada ou é apenas preciso comprovar um quantia (aceitável)? (Ex: Para 30 dias precisaria comprovar o equivalente a 1.950.00 Euros ou terei problemas se chegar com um comprovante de, por exemplo, 1.700,00?).

Por exemplo: Você vai viajar com a sua mãe durante 15 dias. A soma dos valores do limite do seu cartão de crédito e dela, o dinheiro em espécie que cada um está carregando e o saldo bancário precisa ser superior a €1950 euros, ou €975 euros para cada um. Não importa se já está tudo pago, esse é o valor mínimo a ser comprovado para o oficial da imigração. Leia Quanto Custa Viajar pela Ásia, Europa e América do Sul
Exige-se licença para a pesca em água doce e salgada no estado da Flórida, e esta pode ser obtida em muitas marinas, lojas de material para pesca e na Coletoria de Impostos do condado local. Para obter informações mais detalhadas e inteirar-se dos regulamentos para caça e pesca de água doce e salgada, bem como sobre os melhores locais para se observar animais selvagens, as melhores trilhas naturais e sobre segurança no uso de embarcações, visite: www.myfwc.com
The applicant enters necessary details on https://indianvisaonline.gov.in/, and clicks on 'Pay Now'. The applicant is redirected to SBIePay payment page and is presented with payment options of either entering Card details (Payment Gateway) or Paypal.Applicant enters his card details and clicks ?Proceed?. Now, either of the below mentioned 2 scenarios will occur:
Ola Carlos! Parabéns pelo blog!!! Gostaria de saber como faço. Tenho uma filha de 16 anos que vai viajar para casa de amigos que estão morando em Colônia (Alemanha) e vai fazer conexão em Lisboa. Em Lisboa tenho um sobrinho morando com a família, e ela gostaria de ficar uns dias com ele. Como ficaria a questão da carta convite e do seguro viagem? Ela precisa de carta convite para os dois lugares? E o seguro cobre qualquer lugar da Europa?
Antes de iniciar o preenchimento, selecione a cidade onde você fará o processo de solicitação do visto (no Brasil, você pode escolher entre São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre e Recife) e clique em “Start an Application”. Anote o número do seu formulário e a resposta à pergunta de segurança. Certifique-se também de que possui todas as informações que serão pedidas, como passaportes (o atual e, se tiver, antigos), contato no Brasil e endereço e telefone do local onde pretende ficar nos Estados Unidos.
Há telefones públicos operados com moedas em todas as partes. Para usá-los, tire o fone do gancho, deposite o dinheiro em moedas (a quantidade mínima indicada nos aparelhos geralmente é de 25 ou 50 centavos) e disque então o número desejado. Uma mensagem de voz o alertará para depositar mais dinheiro, caso necessário. Os telefones normalmente aceitam moedas de 5 centavos (nickel), 10 centavos (dime) e 25 centavos (quarter). Você poderá também usar o seu cartão de crédito, ou um cartão telefônico pré-pago para fazer a sua ligação.
MOCHILÃO LONGO: Se você vai fazer um mochilão longo, vai precisar planejar bem o tempo que vai ficar dentro do Espaço Schengen e o tempo que vai ficar fora. Por exemplo: Você quer ficar um ano sabático viajando pela Europa, para isso considere usar seus 90 dias consecutivos dentro do espaço e depois saia pelos 90 dias para Irlanda, Reino Unido, Bulgaria, Chipre, Croácia, Romênia e até Rússia, Turquia, Montenegro e Albânia. E só depois que fechar os 180 dias, volte. No mochilão fica fácil de planejar o roteiro considerando o tempo do visto.
Tem problema sim, Anderson. Tanto Portugal quanto Itália fazem parte do Espaço Schengen e um dos requisitos para ter a entrada autorizada é ter uma passagem de retorno ou saída de suas fronteiras. Se você já tivesse a cidadania não teria problema algum, mas como não tem ainda, voc~e tem que ir com passagem de retorno ou corre risco de nem ter o embarque autorizado.

Com o DS-160 preenchido em mãos e o Application ID anotado, é hora de acessar o site de vistos dos EUA para agendas as entrevistas (clique aqui para acessar o site). Dependendo do seu caso, pode ser necessário agendar uma pré-entrevista, no CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto) e uma outra entrevista subsequente no consulado ou embaixada. Em alguns casos de renovações, você pode ser dispensado da entrevista e só precisar comparecer à pré-entrevista do CASV. Cada caso é um caso, e somente o sistema de vistos ou a central de agendamento, poderá te informar como você deverá proceder.
Na próxima página, preencha seu endereço, endereço de correspondência, telefones e e-mail. Na sequência, o formulário pede os dados do passaporte (tipo, número, data e local de emissão, data de validade e se você já perdeu ou teve um passaporte roubado) e da viagem (propósito – turismo, negócios, etc -, data estimada de chegada, tempo de permanência, endereço nos Estados Unidos e quem está pagando pela sua viagem).
Nara, este valor não é uma estimativa de gastos, já que cada viajante tem um orçamento diferente. É um valor mínimo que podem exigir comprovação para autorizar sua entrada no Espaço Schengen. Eu já ouvi quem diga que, caso você viaje com as hospedagens pagas, o valor a comprovar pode ser menor, mas como não encontrei esta informação oficialmente em nenhum lugar, não dou certeza e nem recomendo que se viaje contado com isso.

Ola Carlos! Parabéns pelo blog!!! Gostaria de saber como faço. Tenho uma filha de 16 anos que vai viajar para casa de amigos que estão morando em Colônia (Alemanha) e vai fazer conexão em Lisboa. Em Lisboa tenho um sobrinho morando com a família, e ela gostaria de ficar uns dias com ele. Como ficaria a questão da carta convite e do seguro viagem? Ela precisa de carta convite para os dois lugares? E o seguro cobre qualquer lugar da Europa?
Vou começar meu Work Exchange agora em novembro e tenho dúvidas em relação a comprovação financeira. Estou agora na Irlanda e o roteiro começa por Lisboa (30 dias), Sevilha (30 dias) e Toulouse (30 dias), daí saio do Espaço Schengen pra ficar mais 90 pela Croácia/Sérvia e então volto ao Espaço Schengen pela Alemanha para ficar mais 90 dias em Schengen. Entendi através dos comentários que só precisarei apresentar os documentos de seguro, comprovação financeira e carta de acomodação no ato de entrada do espaço (Lisboa), saída (Croácia) e entrada (Alemanha).
Por um lado esta não exigência do visto facilita bastante o planejamento de viagem. Mas por outro, é justamente por não exigirem autorização prévia que é tão importante checar todos os documentos para viajar para Europa antes de embarcar. Na hora de passar pela imigração, sua entrada pode ser recusada caso você não esteja de posse de algum dos itens obrigatórios da lista.
Recent front facing photograph with white background and photo page of Passport containing personal details like name, date of birth, nationality, expiry date etc are to be uploaded mandatorily by the applicant. Additionally one more document depending upon the e-Visa type would also be required to be uploaded. The application is liable to be rejected if the uploaded documents and photograph are not clear / as per specification.
Oi Carlos, vou viajar para Florença e ficarei hospedada durante 25 dias na casa de uma amiga que é italiana, eu entendi que ela deve fazer “Na internet há vários modelos de carta-convite já prontos para serem preenchidos. Peça ao seu anfitrião que redija a carta no idioma do país onde ele mora e que ao final, leve a um órgão correspondente do país para registrá-la oficialmente.”, mas como fazer depois que ela registrar? Deve me enviar essa carta,?Pode ser por email? Devo apresentar na imigração no aeroporto? Obrigado. 

Vou começar meu Work Exchange agora em novembro e tenho dúvidas em relação a comprovação financeira. Estou agora na Irlanda e o roteiro começa por Lisboa (30 dias), Sevilha (30 dias) e Toulouse (30 dias), daí saio do Espaço Schengen pra ficar mais 90 pela Croácia/Sérvia e então volto ao Espaço Schengen pela Alemanha para ficar mais 90 dias em Schengen. Entendi através dos comentários que só precisarei apresentar os documentos de seguro, comprovação financeira e carta de acomodação no ato de entrada do espaço (Lisboa), saída (Croácia) e entrada (Alemanha).
×