Leticia, para Londres os requisitos de entrada não são necesariamente os mesmos do restante da Europa porque o Reino Unido não faz parte do Espaço Schengen. No entanto, eu recomendo seguir o mesmo padrão europeu, levando os mesmos documentos (seguro viagem, comprovante de estadia, passagem de volta, etc) pois garante que não terá problemas na entrada.

Carlos nasceu em Petrópolis/RJ. Quando tinha 20 anos decidiu que, sozinho, viajaria para o lugar mais distante que pudesse com o primeiro dinheiro que conseguiu acumular. Após muita pesquisa e economia, saiu do país pela primeira vez e rodou por quatro países. De ônibus. Nos anos seguintes dificilmente havia um em que não estivesse planejando outra viagem. Hoje o produto destas pesquisas é compartilhado publicamente aqui, no Vida Cigana.
Quem viaja a Europa a convite de alguém ou participará de evento deve apresentar na imigração carta-convite obrigatória, emitida pelo cidadão daquele país ou que tenha autorização legal para viver lá, ou da empresa organizadora do evento. A carta convite deve ter firma reconhecida lá e deve ser encaminhada a pessoa aqui no Brasil que vai viajar, para que esta seja apresentada no momento do seu desembarque no aeroporto ao oficial da imigração.
A ordem executiva expedida na sexta-feira dia 27 de janeiro explicitamente revogava a isenção da entrevista para renovação de vistos ("visa interview waiver"), criada durante o governo Obama. A imprensa americana (veja aqui e aqui) interpretou a lei ao pé da letra: a partir de agora, quem fosse renovar o visto americano perderia o benefício da isenção de entrevista, e precisaria agendar entrevista como os solicitantes de primeiro visto -- o que causaria confusão em consulados ao redor do mundo.
Você poderá requerer sua licença de casamento no Cartório da Comarca, em qualquer distrito da Flórida. Ambos os noivos devem possuir um passaporte válido e caso se faça necessário, virem acompanhados por um tradutor que possua carteira de motorista americana válida nos Estados Unidos. Não é exigido exame de sangue, e não há período de espera para o casamento de pessoas não residentes na Flórida. A licença tem validade de 60 dias.
Brasileiros fazendo turismo na Europa, dentro do espaço que engloba o Tratado de Schengen (os 26 países) não precisam providenciar um visto antes da viagem. Existe um acordo entre o Brasil e a Europa que dá a isenção de visto para Brasileiros que desejam fazer turismo na Europa por até 90 dias consecutivos ou 180 dias no ano (veja regras abaixo). O controle de imigração é feito na fronteira do país de entrada na Europa e o agente da imigração confere a documentação e carimba o passaporte. Só isso! 
Nos EUA, a gorjeta é uma recompensa usual para bons serviços. Em restaurantes, bares e clubes noturnos, você deverá dar aos atendentes uma gorjeta equivalente a 15% do total da conta (antes do acréscimo do imposto) pelos bons serviços, ou 20% por um excelente serviço. Alguns restaurantes já incluem a gratificação no valor total conta, portanto, pergunte ao garçom antes de pagar a conta, para evitar pagar a mais (na nota estará dito “gratuity included”, ou seja, “gratificação incluída”, se esse for o caso).
Os visitantes provenientes de todos os demais países além dos citados anteriormente precisam de um visto dos Estados Unidos, que pode ser obtido através do consulado ou embaixada americana mais próxima. Marque uma entrevista com bastante antecedência à data em que planeja viajar, pois pode haver espera. Consulte a embaixada sobre quais formulários precisará preencher, que taxas deverá pagar (guarde o recibo) e que documentos deverá trazer para a entrevista. Os vistos geralmente são emitidos cerca de três semanas após a entrada do pedido no consulado.
Caso seu passaporte não tenha validade suficiente para se adequar às regras, não é necessário aguardar que ele perca a validade para dar entrada em um novo. O ideal, para uma boa rotina de viajante, é emitir um novo passaporte antes de o antigo entrar em seus últimos seis meses de validade. Isto garante que o documento esteja válido para viajar para a Europa e para outros países que sejam ainda mais exigentes.
TRATADO DE SCHENGEN X UNIÃO EUROPEIA: Fazer parte na União Europeia não significa fazer parte do Tratado de Schengen, e vice-versa. Por exemplo: Liechtenstein, Islândia, Noruega, Suíça fazem parte do Tratado de Schengen, mas não fazem da União Europeia. Enquanto Irlanda, Reino Unido, Bulgaria, Chipre, Croácia e Romênia fazem parte da União Europeia, mas não fazem do Tratado de Schengen. Leia San Marino em 1 Dia: Tudo sobre o país mais antigo do mundo
Você poderá trocar o seu dinheiro na maioria dos aeroportos principais, bancos, em agências privadas de câmbio, como a do American Express ou Thomas Cook, e em alguns hotéis. Os escritórios de câmbio internacional nos aeroportos normalmente permanecem abertos de segunda a sábado, até a chegada do último vôo internacional. A maioria dos bancos abre de segunda a sexta, das 9:00 às 16:00, sendo que algumas agências abrem também aos sábados pela manhã.
Faça a carta na língua local do país que você vai ficar e uma segunda versão em inglês. A pessoa vai assinar e registrar essa carta em algum órgão oficial do país que ela reside legalmente. A carta deve ser feita pelo computador, assinada, registrada e enviada para que você imprima no Brasil, salvo em situações em que o país de entrada exija a carta original. Não esqueça de pedir a cópia de um documento oficial do seu anfitrião para anexar a carta. Na carta, inclua seus dados como nome, passaporte, nacionalidade, profissão e endereço de residência. Vale o mesmo para o seu anfitrião. 
A primeira etapa da solicitação do visto americano, é preencher o formulário de requisição que está disponível online (clique aqui para acessar o site do governo americano), o famoso formulário DS-160. O formulário está em inglês e também deve ser preenchido em inglês, mas o site oferece tradução das perguntas do formulário quando você passa o cursor do mouse sobre as frases. Nesse formulário, você vai preencher dados pessoais, de contato e informações sobre seu histórico de viagens, como por exemplo se já teve vistos negados ou se já foi deportado de algum país. No vídeo abaixo, eu explico passo a passo todos os campos do DS-160.
e-Visa fee is country/Territory specific. Bank transaction charges of 2.5% will be charged additionally on applicable e-Visa fees. The fee must be paid at least 4 days before the expected date of travel otherwise application will not be processed. To know the fee applicable on your Country/Territory please Click here (for e-Tourist Visa) and for other e-Visa Click here.
Visando alavancar o número de turistas, o Governo dispensou a exigência do visto brasileiro para cidadãos australianos, canadenses, japoneses e americanos. O decreto, publicado em junho deste ano, tem a intenção de incentivar os viajantes dessas nacionalidades a visitarem o país. A estimativa é de que, até 2022, o Brasil receba cerca de 12 milhões de turistas estrangeiros por ano.
Thais, se você tem todas as comprovações de todo o período da viagem não há com o que se preocupar. Você só apresentará aquilo que for pedido. Mostre primeiro a saída para o Marrocos, e se pedirem a volta para o Brasil, apresente em seguida. Se estiver com medo por não ter as comprovações de hospedagem no Marrocos, faça reservas canceláveis no Booking para apresentar à imigração como garantia.

Depois, será necessário entrar no site oficial de Informação e Agendamento de Visto de Não Imigrante da embaixada dos EUA no Brasil, criar uma conta de usuário, inserir o número de confirmação DS-160, completar o processo de retorno dos documentos pelo serviço postal, pagar as taxas de solicitação do Visto de não Imigrante (MRV) e agendar uma entrevista na Seção Consular – há quatro disponíveis no Brasil: em Brasília, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo.


Agora, os menores que estejam viajando sozinhos para fora do Brasil ou acompanhados por apenas um dos pais/guardiães legais ou terceiros terão que apresentar a autorização de viagem que obedeça a Resolução 131. A autorização terá que ser apresentada no momento do “check in” perante a empresa área, marítima ou terrestre, mesmo se os pais ou outros guardiães legais estiverem presentes.
7. As seguintes categorias de pessoas são livres de pagarem emolumentos: a) parentes próximos – esposos, filhos (inclusive adoptados), pais (inclusive encarregados de educação ou tutores), avós, netos dos nacionais dos estados-membros da UE que residem legalmente no território da Rússia; b) membros das delegações oficiais, os quais na base dum convite dirigido ao Estado-membro ou à UE participam nos encontros oficiais, consultas, negociações ou programas de intercâmbio, bem como nos eventos organizados no território da Federação da Rússia por organizações intergovernamentais; c) membros dos governos e parlamentos nacionais ou regionais, tribunais constitucionais ou supremos, caso eles não são livres de necessidade de obter o visto (conforme o Acordo sobre a facilitação da concessão dos vistos entre a Rússia e a UE); d) alunos, estudantes, estudantes em pos-graduação que se dirigem para estudos ou estágio de estudos e professores que os acompanham; e) pessoas de capacidades reduzidas e seus acompanhantes caso seja necessário; f) pessoas que apresentaram documentos comprovantes da necessidade de efectuar uma viagem de carácter humanitário, inclusive para tratamento médico de urgência, e seus acompanhantes, bem como para estar presente num enterramento ou visitar um próximo gravemente doente; g) participantes nos eventos desportivos internacionais de juventude e seus acompanhantes; h) pessoas que participam nas actividades científicas, culturais ou outras de carácter criativo, inclusive nos programas de intercâmbio entre universidades e outros; i) participantes nos programas oficiais de intercâmbio entre as cidades geminadas. 

Logo, ter a passagem de retorno é item obrigatório na lista de documentos para viajar para Europa. Sem ela, o viajante corre o risco de sequer embarcar, já que muitas companhias aéreas conferem a documentação ainda no momento do check in. Fazem isso para evitar serem obrigadas a custear o retorno de quem foi barrado por não ter a documentação correta.
Eu moro Na Italia, e minha Irma esta vindo passar Ferias com seu marido Aqui. Sao somente 15 ou 16 dias, Na realidade ela tem a cidadania, mas os documentos estao vencidos e no consulado italiano do Brasil somente para agendar o renovo parece que a espera è de pelo menos 8 meses. Neste caso ela vai entrar com os documentos brasileiros. A minha pergunta é a seguinte, è necessario fazer Este seguro mesmo por um periodo assim tao curto? Nunca tinha ouvindo falar desse acordo schengen. E a carta convite eu posso pegar um modelo da internet preencher e mandar pra ela diretamente ou tenho que apresentar ou registrar em algum lugar Antes? Muito obrigada.
Applicants may fill the online application form by going to the tab placed below. Once the form is filled and submitted, applicant must print the completed application form and sign and submit the physical copy along with the supporting documents and the Passport to the concerned Indian Visa Application Center (IVAC) or directly at the Indian Mission on the scheduled appointed date. The instructions for filling the form and scheduling the appointment can be seen at Instructions for Regular Visa Application.
Menores de 18 anos devem estar presentes, juntamente com seus pais e representantes legais. De acordo com o site da Polícia Federal, na ausência de um dos pais, é necessário apresentar o formulário de autorização descrito no passo 1 com a firma do pai/mãe ausente reconhecida em cartório ou procuração específica, autorizando a emissão de passaporte ao menor, outorgada por um genitor ao outro, lavrada em cartório (procuração pública) ou com firma reconhecida (procuração particular). Maiores de 18 anos, devem estar presentes no momento da entrega dos documentos.

Technical information for e-visa: This site is best viewed in Mozilla Firefox,Google Chrome,Internet Explorer (Windows) version 9.0 and above.The applicant must also have Adobe Acrobat Reader version 7.0 or higher installed on your PC in order to download and print the completed application form. This website is compatible with Android and IOS devices.
Ao marcar a caixa de seleção, fornecendo o endereço de e-mail e selecionando "Registre-se", você concorda que seus dados pessoais sejam processados (no intervalo indicado no formulário acima) pela eSky.pl S.A. com sede em Radom – Polônia (administrador de dados) para marketing dos serviços da eSky.pl S.A., incluindo aqueles que se baseiam na análise das minhas preferências e comportamentos no site eSky.pl S.A., com a finalidade de enviar o e-mail mencionado acima.
bom dia, eu vou viajar para paris/França em janeiro de 2019. vou ficar 15 dias. passagem ida e volta, seguro viagem, carta convite. só vou levar 200 euros em especie. nao tenho cartão de credito e meu nome está sujo. meu irmao é cidadao frances e lá é ele que vai bancar todas as minhas despesas. se eu for questionado na imigração qual seria a minha conduta? obs estarei de ferias do trabalho e levarei o aviso de ferias original e outro traduzido para o frances, carimbado pelo rh da empresa onde trabalho.
Ao marcar a caixa de seleção, fornecendo o endereço de e-mail e selecionando "Registre-se", você concorda que seus dados pessoais sejam processados (no intervalo indicado no formulário acima) pela eSky.pl S.A. com sede em Radom – Polônia (administrador de dados) para marketing dos serviços da eSky.pl S.A., incluindo aqueles que se baseiam na análise das minhas preferências e comportamentos no site eSky.pl S.A., com a finalidade de enviar o e-mail mencionado acima.
5. Conforme as regras gerais o emolumento consular pela concessão do visto é de 35 euros (são excluidos desta regra o visto de trabalho, o visto de ensino que prevê o curso completo de educação nos estabelecimentos de ensino na Rússia, o visto do residente temporário e o visto para solicitar asilo – no caso da concessão destas categorias as tarifas cobradas continuam as mesmas).

Visando alavancar o número de turistas, o Governo dispensou a exigência do visto brasileiro para cidadãos australianos, canadenses, japoneses e americanos. O decreto, publicado em junho deste ano, tem a intenção de incentivar os viajantes dessas nacionalidades a visitarem o país. A estimativa é de que, até 2022, o Brasil receba cerca de 12 milhões de turistas estrangeiros por ano.


Como essa regra é mundial, as seguradoras do mundo todo oferecem planos de viagem específicos para quem vai viajar para a Europa no Espaço Schengen. Os seguros geralmente se chamam “Seguro Europa” e respeitam todas as exigências que o turista precisa cumprir. Veja o Artigo 15º do Regulamento (Ce) N.O 810/2009 do Parlamento Europeu e do Conselho que fala da obrigatoriedade de 30mil euros e cobertura total para todos os Estados-Membros.  
×