Logo, ter a passagem de retorno é item obrigatório na lista de documentos para viajar para Europa. Sem ela, o viajante corre o risco de sequer embarcar, já que muitas companhias aéreas conferem a documentação ainda no momento do check in. Fazem isso para evitar serem obrigadas a custear o retorno de quem foi barrado por não ter a documentação correta.
Os visitantes provenientes de todos os demais países além dos citados anteriormente precisam de um visto dos Estados Unidos, que pode ser obtido através do consulado ou embaixada americana mais próxima. Marque uma entrevista com bastante antecedência à data em que planeja viajar, pois pode haver espera. Consulte a embaixada sobre quais formulários precisará preencher, que taxas deverá pagar (guarde o recibo) e que documentos deverá trazer para a entrevista. Os vistos geralmente são emitidos cerca de três semanas após a entrada do pedido no consulado.
É conveniente pedir o visto com algu­mas semanas de antecedência — os Consulados de alguns países demoram vários dias a concede-lo. Por outro lado, se vai visitar mais do que um país, tem de contar com mais tempo, porque será necessário levar o passaporte aos diferentes consulados para que lhe sejam concedidos os diversos vistos. Além disso, pode ainda acontecer que o país que quer visitar não lenha consu­lado no nosso país. Nestes casos, ou existe um consulado de outro país que representa o primeiro e, portanto, con­cede os vistos para esse país, ou a do­cumentação terá que ser enviada para o país mais próximo do nosso em que exista um consulado do país em causa ou um consulado que o represente. Este processo torna obviamente mais demo­rada a obtenção do visto.
Os táxis (chamados em inglês de “taxis” ou “cabs”) são facilmente encontrados nas saídas de aeroportos, terminais de transporte público e grandes hotéis. Você poderá pedir ao concierge ou a alguém na recepção do seu hotel para lhe dar o número do telefone do serviço de táxi, ou para chamar um táxi para você. Outra alternativa é procurar nas Páginas Amarelas sob o título “Taxicabs.”

tudo bem ! estou me planejando para ir a suiça agora no final de junho dia 30 e retorno dia 17 julho…Estou na duvida em questão do quanto irei levar para la pq irei ficar em casa de amigos …qual valor exatamente devo levar para apresentar na imigração para eu poder ir segura que eu nao irei volta para o brasil por conta disso …. minhas passagens ja estão comprada ida e volta , vc acha que terei algum problema quanto a isso !

Pra buscar o passaporte, basta retornar ao posto da PF na data estipulada. O documento deve ser retirado pela própria pessoa. Mesmo para os menores de 12 que não assinam, ou seja, têm em sua solicitação a marcação “menor não alfabetizado”, é preciso ele estar presente para a entrega do passaporte a um dos seus pais ou responsável legal. Não são os dois pais que precisam ir junto nessa etapa, apenas um já basta. Com passaporte em mãos, corra para casa e dê início a solicitação do visto.

Os pais ou guardiães legais tem que assinar a autorização de viagem perante um notário/tabelião ou terem suas assinaturas autenticadas por um notário público/tabelião. A autorização de viagem deve conter uma data de expiração, determinada pelos pais ou guardiães legais. Se a validade não for especificada, autorização será considerada válida por dois anos. Duas cópias são necessárias: uma para ficar retida com o agente supervisor da Polícia Federal na inspeção de embarque e a segunda para permanecer com o menor/adolescente. Cada viagem requer autorizações separadas. Para maiores informações favor verificar o Manual relativo a Viagens de Menores Brasileiros ao Exterior (PDF – 1.89MB).
DÚVIDAS SOBRE A EMISSÃO DO PASSAPORTE? Recomendo você ligar gratuitamente para o número 194, ou andar e-mail para a Polícia Federal no endereço faleconosco@dpf.gov.br. Mais uma vez, como a Renata e eu não somos especialistas em passaporte, as perguntas relacionadas ao tema que forem deixadas nos comentários dessa página, serão aprovadas, porém não respondidas. Melhor não falar nada do que falar qualquer achismo, certo?
Tem problema sim, Anderson. Tanto Portugal quanto Itália fazem parte do Espaço Schengen e um dos requisitos para ter a entrada autorizada é ter uma passagem de retorno ou saída de suas fronteiras. Se você já tivesse a cidadania não teria problema algum, mas como não tem ainda, voc~e tem que ir com passagem de retorno ou corre risco de nem ter o embarque autorizado.
Na solicitação que deve ser feita individualmente, você deverá preencher todos os dados, documentos e até mesmo selecionar qual o posto que irá comparecer para levar os documentos originais. Somente depois de preencher toda a solicitação, o sistema irá gerar a GRU, Guia de Recolhimento da União que é uma espécie de “boleto bancário” que deve ser paga para a emissão do passaporte. A taxa para a emissão atualmente é de R$257,25.
Antes de fazer uma viagem ao estran­geiro; informe-se na sua agência de via­gens, na companhia de aviação em que vai viajar ou nos consulados ou embai­xadas dos países que tenciona visitar do que precisa para entrar nesses países. Os cidadãos portugueses não necessi­tam de visto — nem de passaporte para os países da CEE, mas para muitos outros, além do passaporte, terão de obter um visto.
SBIePay is certified with Payment Card Industry Data Security Standard (PCI DSS) ver 3.2, which is the latest version, and which further reinforces our promise of security and safety. The payment system fully supports 3DSecure - Verified by Visa and MasterCard Secure Code, wherever it is applicable. Further, SBIePay is secured using Secure Sockets Layer (SSL) encryption which ensures that payment information that travels over the Internet is always encrypted and cannot be viewed by unauthorised individuals.
Para chamar a polícia, os bombeiros ou uma ambulância, disque 9-1-1. Esta chamada é gratuita em qualquer telefone público (não é necessário usar moedas). Nas vias expressas, há caixas com telefones de emergência instaladas aproximadamente a cada 1 quilômetro (meia milha) que o colocarão em contato com o auxílio necessário. Os motoristas podem discar *FHP (*347) nas rodovias interestaduais e auto-estradas da Flórida para chamar a Polícia Rodoviária da Flórida (polícia estadual).
Eu tive passaporte americano em 2004,quando vencido renovei para ir a periguinação religiosa para Israel,agora preciso renovar e ter o visto novo americano,em Setembro vou fazer um passeio em Nova York com umas amigas. Só que meu primeiro passaporte depois que ele foi anulado eu rasguei todo e coloquei no lixo.Agora quando fui preencher o DS 160,eles pergunta se você já viajou para os Estados Unidos se sua resposta é sim tem de colocar data da viagem e o número do passaporte, a data eu sei de ida e volta mais o número do passaporte não tenho mais. Pergunto o que fazer.

Você encontrará muitas coisas que já conhece e ama, mas também descobrirá coisas novas, já que há algumas peculiaridades no país. Alguns exemplos são as unidades de medida, o fornecimento da rede elétrica, o horário comercial e os feriados oficiais. Sugerimos que você comece por uma breve visão geral dos costumes e da cultura dos EUA. Nessa seção você encontrará informações sobre viagens em família, planejamento de atividades,compras  e algumas informações sobre saúde e segurança no país. Independentemente da duração da sua viagem, essas seções ajudarão você a tomar decisões mais bem informadas.


Logo, ter a passagem de retorno é item obrigatório na lista de documentos para viajar para Europa. Sem ela, o viajante corre o risco de sequer embarcar, já que muitas companhias aéreas conferem a documentação ainda no momento do check in. Fazem isso para evitar serem obrigadas a custear o retorno de quem foi barrado por não ter a documentação correta.
Dar gorjeta também é apropriado em salões de beleza e spas (corte de cabelo, manicure, massagem, etc., 15% do valor total da conta), carregadores no hotel ou no aeroporto (US$1 por mala), manobrista (US$2, quando ele entregar o seu carro), motorista de táxi (15% do valor da corrida) e serviço de camareira, se você estiver hospedado em hotel de alta categoria (US$1 - US$2 por dia de estadia). Em pacotes de turismo, os condutores e motoristas normalmente devem receber US$10 por dia do grupo como um todo: verifique se este valor já foi calculado no custo do pacote e, portanto, pré-pago. Para passeios turísticos locais, você poderá dar ao motorista ou guia uma gorjeta individual, caso este(a) tenha sido solícito(a) e informativo(a); a quantia fica a seu critério.
Por um lado esta não exigência do visto facilita bastante o planejamento de viagem. Mas por outro, é justamente por não exigirem autorização prévia que é tão importante checar todos os documentos para viajar para Europa antes de embarcar. Na hora de passar pela imigração, sua entrada pode ser recusada caso você não esteja de posse de algum dos itens obrigatórios da lista.
Estou com duvidas ,fui deportada por falta de documentos e estou indo de novo pra europa com passagens de volta a carta convite eles me buscaram em milao e um pouco de dinheiro e uma carta de credito que estou com duvidas que nao esta no meu nome e seguro cdam tenho que fazer outro seguro melhor vou ficar 93 dias falta algo me ajudem to um pouco nervosa.

Menores de 18 anos devem estar presentes, juntamente com seus pais e representantes legais. De acordo com o site da Polícia Federal, na ausência de um dos pais, é necessário apresentar o formulário de autorização descrito no passo 1 com a firma do pai/mãe ausente reconhecida em cartório ou procuração específica, autorizando a emissão de passaporte ao menor, outorgada por um genitor ao outro, lavrada em cartório (procuração pública) ou com firma reconhecida (procuração particular). Maiores de 18 anos, devem estar presentes no momento da entrega dos documentos.
é importante tb vc saber q se vc nao for pegar um vôo direto BR – PT, ou seja, se for fazer conexao em outro país, vc tem q procurar informaçoes especificas, pq se eu nao me engano, vc passará pela imigraçao nesse país de conexao. digo isso pq conheco uma pessoa q vai a portugal mes q vem e vai fazer conexao na espanha e tá pegando informaçoes concretas sobre o caso. pode ser q nao precise de nada, mas é melhor ter tudo certinho na hora do q ficar plantado no aeroporto por causa de problemas com documentos.
Um visto é uma autorização oficial para entrar num país estrangeiro e viajar nesse país. O visto é geralmente carim­bado ou apenso ao passaporte pelo consulado do país estrangeiro em ques­tão. Na maioria dos casos, o visto indica o objectivo autorizado da viagem ao país a visitar (turismo, por exemplo) e o respectivo prazo de validade. No entanto, a concessão de um visto não garante a admissão no país para o qual foi concedido. Essa admissão está dependente da autoridade do posto de entrada, que pode ou não permiti-la.
×