No Brasil, a Polícia Federal é o órgão responsável pela emissão dos passaportes e para a maioria dos casos, o processo é bem simples. O passaporte comum para brasileiros tem validade de 10 anos e após esse período um novo deve ser emitido. Não existe renovação de passaporte e a cada 10 anos, ou toda a vez que for necessário, um novo documento é emitido e você passa a ter uma nova numeração.

ola boa noite! achei as dicas super importantes. mas continuo insegura e com dúvida em um ponto: __se eu for com passagem de ida para Italia e saida para irlanda posso viajar livremente para outros paises europeu como Espanha? antes da minha data de saida . posso livremente comprar passagem tanto aérea quanto de trem ate a data da minha saida? sem necessidade de ter passagem de volta para o Brasil? o de todo jeito preciso comprar minha passagem de volta? qual a melhor solução nesse caso?


Olá! Vou passar três meses estudando em uma universidade de Frankfurt, onde consegui uma bolsa de estudos. Como seriam apenas três meses, não vi necessidade de visto. Na hora de comprar as passagens, fiz uma conta rápida de dias, mas hoje descobri a calculadora oficial e a contagem está em 91 dias. Se eu for passar uns dias em Londres, fora da zona schengen, isso resolveria o problema? Obrigada
Vou começar meu Work Exchange agora em novembro e tenho dúvidas em relação a comprovação financeira. Estou agora na Irlanda e o roteiro começa por Lisboa (30 dias), Sevilha (30 dias) e Toulouse (30 dias), daí saio do Espaço Schengen pra ficar mais 90 pela Croácia/Sérvia e então volto ao Espaço Schengen pela Alemanha para ficar mais 90 dias em Schengen. Entendi através dos comentários que só precisarei apresentar os documentos de seguro, comprovação financeira e carta de acomodação no ato de entrada do espaço (Lisboa), saída (Croácia) e entrada (Alemanha).

Desde 1985 quando o Tratado de Schengen foi assinado, o seu tamanho já aumentou bastante. Hoje o Espaço Schengen já engloba 26 países diferentes, sendo 22 deles membros da União Europeia. Se a sua viagem inclui países fora do Tratado de Schengen, você vai precisar fazer imigração na saída, e caso retorne ao Tratado de Schengen, vai ter que fazer imigração novamente. 

Traga roupas leves e confortáveis, shorts e camisas ou blusas esporte, vestidos de verão e, obviamente, trajes de banho, saídas e sandálias. Lembre-se de que o topless e os biquínis fio-dental são proibidos na maior parte da Flórida. Não se esqueça de trazer um filtro solar, óculos de sol, chapéus e viseiras para protegê-lo do sol (ou você poderá comprá-los quando chegar aqui). Para os passeios noturnos, o esporte chique (calças compridas, camisas de colarinho, vestidos leves de algodão) é a indumentária apropriada para a maioria dos lugares, embora os homens devam considerar trazer um paletó esporte leve, caso uma ocasião mais formal em um restaurante ou hotel esteja no programa. Embora o clima da Flórida seja geralmente quente o ano todo, é uma boa idéia trazer um agasalho leve, caso esteja vindo para cá entre o final de novembro e o mês de março. Traga também um repelente de insetos e um guarda-chuva, ou capa de chuva leve, durante a estação das chuvas, que vai de junho a outubro. Mas, não precisa se preocupar, caso venha a esquecer alguma coisa, pois as lojas da Flórida oferecem tudo o que você precisar.
Alessandro, desculpa responder isso. Nem todo lugar na Europa as pessoas sabem falar o inglês. Existe lugar que você até consegue se virar. Exemplo Alemanha, voce pode ir em um supermercado e mesmo sabendo ingles eles nao vao te responder porque não sabem falar. Eu te falo isso porque eu vou agora para Europa os trabalhos que eu vou fazer tive a sorte que preciso só do inglês.
Se visitou já anteriormente um país inimigo do país que vai visitar agora e se tem o visto desse país no passaporte, talvez seja preferível entregar esse pas­saporte e pedir um novo. Com efeito, mesmo que possua a restante documen­tação em ordem, o facto de no seu pas­saporte constar a visita ao país inimigo é suficiente para que lhe seja recusada a admissão no país que agora pretende visitar.

Pesquise o melhor Seguro Viagem para a sua viagem sem esquecer das regras. A Seguros Promo faz uma comparação entre várias seguradoras para você escolher o plano que mais se adequa a sua necessidade e ainda oferece 5% desconto para os leitores do blog (aqui) como cupom EDUARDOEMONICA5 e condições especiais, como mais 5% de desconto pagando no boleto ou até 12x sem juros no cartão. E você não paga nada a mais por isso. Por exemplo: Você vai esquiar na Alemanha, então precisa escolher um Seguro Viagem com apólice mínima de 30 mil euros e que tenha Assistência Médica para a Prática de Esportes. Leia Como Encontrar Seguro Viagem com Desconto 

SÃO 90 DIAS A CADA 180: O visto para a Europa que faz parte do Tratado de Schengen (26 países) é de 90 dias a cada 180 dias. Na prática você pode ficar 90 dias na Europa, 90 fora dela, pode voltar pra mais 90 dias e depois sair para 90 dias. No período de 6 meses, só pode ficar até 3 meses. Por exemplo: Você passou 20 dias viajando pela Itália e França. A partir da sua data de entrada na Itália, começou a contar os 90 dias de visto e os 180 dias de período da regra. Se voltar antes e fechar esses 180 dias, você terá apenas 60 dias para andar pelos países do Tratado de Schengen (26 países). Se você voltar depois que completou os 180 dias (a partir da data de entrada na Itália), você tem mais 90 dias para viajar livremente. 
×