Por exemplo: Você vai viajar com a sua mãe durante 15 dias. A soma dos valores do limite do seu cartão de crédito e dela, o dinheiro em espécie que cada um está carregando e o saldo bancário precisa ser superior a €1950 euros, ou €975 euros para cada um. Não importa se já está tudo pago, esse é o valor mínimo a ser comprovado para o oficial da imigração. Leia Quanto Custa Viajar pela Ásia, Europa e América do Sul
Antes de iniciar o preenchimento, selecione a cidade onde você fará o processo de solicitação do visto (no Brasil, você pode escolher entre São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre e Recife) e clique em “Start an Application”. Anote o número do seu formulário e a resposta à pergunta de segurança. Certifique-se também de que possui todas as informações que serão pedidas, como passaportes (o atual e, se tiver, antigos), contato no Brasil e endereço e telefone do local onde pretende ficar nos Estados Unidos.

bom dia, eu vou viajar para paris/França em janeiro de 2019. vou ficar 15 dias. passagem ida e volta, seguro viagem, carta convite. só vou levar 200 euros em especie. nao tenho cartão de credito e meu nome está sujo. meu irmao é cidadao frances e lá é ele que vai bancar todas as minhas despesas. se eu for questionado na imigração qual seria a minha conduta? obs estarei de ferias do trabalho e levarei o aviso de ferias original e outro traduzido para o frances, carimbado pelo rh da empresa onde trabalho.
Os vistos de não-imigrantes são destinados a cidadãos de outros países que estejam indo temporariamente para os EUA. O visto permite que você viaje a uma porta de entrada nos EUA (aeroporto, por exemplo) e solicite permissão de um funcionário do Serviço de Alfândega e Proteção de Fronteiras do Departamento de Segurança Interna (DHS) para entrar nos Estados Unidos. Um visto não garante a entrada nos Estados Unidos.
Na solicitação que deve ser feita individualmente, você deverá preencher todos os dados, documentos e até mesmo selecionar qual o posto que irá comparecer para levar os documentos originais. Somente depois de preencher toda a solicitação, o sistema irá gerar a GRU, Guia de Recolhimento da União que é uma espécie de “boleto bancário” que deve ser paga para a emissão do passaporte. A taxa para a emissão atualmente é de R$257,25.
Para tirar dúvidas no preenchimento da solicitação, você deve ligar gratuitamente para o número 194, ou andar e-mail para a DPF: faleconosco@dpf.gov.br. Como nem a Renata nem eu somos especialistas em documentação e passaportes, as perguntas relacionadas ao tema que forem deixadas nos comentários desse post, serão aprovadas, porém não respondidas. Clique aqui para acessar o site de passaportes da Polícia Federal.
Documento de identidade para os maiores de 12 anos. Aqui são válidos: RG, CNH, CTPS, passaporte brasileiro anterior, carteira funcional ou de identidade expedida por órgão público e carteira de identidade expedida por órgão fiscalizador do exercício de profissão regulamentada por lei. Vale lembrar que pessoas com modificação de nome, como por exemplo, casamento ou divórcio, devem apresentar as certidões atualizadas e originais que comprovem a mudança. A Rê tomou maior bronca quando foi tirar o passaporte e todos os documentos dela tinham o nome de solteira, sorte que ela tinha uma certidão de casamento original em mãos.
Bom dia gostaria muito de uma informaçao moro na italia tenho uma.fillha que tem dupla nacionalidade italiana e brasileira ela nasceu aqui na italia com.pai italiano,, mas no momento ela esta.morando.no.brasil com.os.avos maternos,,, esse ano.quero.ir busca-la para.morar comigo aqui na italia ,,so que o passaporte italiano dela ta vencido e consegui renovar somente aquele.brasileiro,, a minha duvida e ela pode entrar somente com passaporte brasilero ou pode ter problemas ..desde ja muito obrigado aguardo uma resposta
Visitas a países inimigos. Se vai visi­tar dois países inimigos (por exemplo, Israel e a maioria dos Estados árabes), peça nos consulados dos países cm causa que lhe carimbem o visto no pas­saporte em folhas soltas que possam ser agregadas ao passaporte e retiradas depois da visita. Em alternativa, pode requerer um segundo passaporte em seu nome. válido só para um dos dois países inimigos para evitar quaisquer problemas ao chegar à fronteira.
Meu filho, menor, irá passar alguns dias na Espanha hospedado no apto de amigos. Além de não ter certeza de qual é o visto que tem (estão fazendo um doutorado), gostaria de poupá-los do trabalho burocrático da carta convite. Sabem me dizer se a hospedagem de menor desacompanhado é legal por lá? Poderíamos fazer uma reserva no Booking no nome dele sem problemas?

Faça a carta na língua local do país que você vai ficar e uma segunda versão em inglês. A pessoa vai assinar e registrar essa carta em algum órgão oficial do país que ela reside legalmente. A carta deve ser feita pelo computador, assinada, registrada e enviada para que você imprima no Brasil, salvo em situações em que o país de entrada exija a carta original. Não esqueça de pedir a cópia de um documento oficial do seu anfitrião para anexar a carta. Na carta, inclua seus dados como nome, passaporte, nacionalidade, profissão e endereço de residência. Vale o mesmo para o seu anfitrião. 
Bom dia amigo, estou planejando uma viagem de cerca de um ano pela Europa, mochilando e fazendo work exchange dentro e fora da área Schengen. Entretanto, me deparo com o problema da passagem de volta, já que mochilando e conhendo novas pessoas posso mudar de destino facilmente, não tendo assim como prever onde estarei depois de 90 dias e para qual país fora da área que irei. Você tem alguma sugestão em como eu poderia contornar esse problema?
Thais, se você tem todas as comprovações de todo o período da viagem não há com o que se preocupar. Você só apresentará aquilo que for pedido. Mostre primeiro a saída para o Marrocos, e se pedirem a volta para o Brasil, apresente em seguida. Se estiver com medo por não ter as comprovações de hospedagem no Marrocos, faça reservas canceláveis no Booking para apresentar à imigração como garantia.

Visando alavancar o número de turistas, o Governo dispensou a exigência do visto brasileiro para cidadãos australianos, canadenses, japoneses e americanos. O decreto, publicado em junho deste ano, tem a intenção de incentivar os viajantes dessas nacionalidades a visitarem o país. A estimativa é de que, até 2022, o Brasil receba cerca de 12 milhões de turistas estrangeiros por ano. 

No caso de menores brasileiros adotados sob o processo da “Convenção de Haia” e que estejam saindo do Brasil pela primeira vez em companhia do(s) pais adotivo(s, deverá ser apresentado à Polícia Federal, no momento da fiscalização migratória, alvará judicial com autorização de viagem expedido nos termos do § 9, artigo 52, do Estatuto da Criança e do Adolescente com a redação dada pela Lei No. 12.010/09.
A primeira etapa da solicitação do visto americano, é preencher o formulário de requisição que está disponível online (clique aqui para acessar o site do governo americano), o famoso formulário DS-160. O formulário está em inglês e também deve ser preenchido em inglês, mas o site oferece tradução das perguntas do formulário quando você passa o cursor do mouse sobre as frases. Nesse formulário, você vai preencher dados pessoais, de contato e informações sobre seu histórico de viagens, como por exemplo se já teve vistos negados ou se já foi deportado de algum país. No vídeo abaixo, eu explico passo a passo todos os campos do DS-160.
Você precisa provar que tem condições financeiras de se manter durante toda a viagem. Além de mostrar o seu dinheiro em espécie, você pode apresentar extratos da sua conta bancária, do seu saldo cartão pré-pago de viagem e também comprovantes do limite do seu cartão de crédito. A orientação de valor médio é de €65 euros por dia, por pessoa. Se for um casal, a soma dos limites de cartão de crédito e dinheiro espécie precisa ser suficiente para os dois, independente se toda a viagem já está paga (hotéis e passeios). No site de cada país tem o valor mínimo exigido.

Ola Carlos! Parabéns pelo blog!!! Gostaria de saber como faço. Tenho uma filha de 16 anos que vai viajar para casa de amigos que estão morando em Colônia (Alemanha) e vai fazer conexão em Lisboa. Em Lisboa tenho um sobrinho morando com a família, e ela gostaria de ficar uns dias com ele. Como ficaria a questão da carta convite e do seguro viagem? Ela precisa de carta convite para os dois lugares? E o seguro cobre qualquer lugar da Europa?
Dar gorjeta também é apropriado em salões de beleza e spas (corte de cabelo, manicure, massagem, etc., 15% do valor total da conta), carregadores no hotel ou no aeroporto (US$1 por mala), manobrista (US$2, quando ele entregar o seu carro), motorista de táxi (15% do valor da corrida) e serviço de camareira, se você estiver hospedado em hotel de alta categoria (US$1 - US$2 por dia de estadia). Em pacotes de turismo, os condutores e motoristas normalmente devem receber US$10 por dia do grupo como um todo: verifique se este valor já foi calculado no custo do pacote e, portanto, pré-pago. Para passeios turísticos locais, você poderá dar ao motorista ou guia uma gorjeta individual, caso este(a) tenha sido solícito(a) e informativo(a); a quantia fica a seu critério.

Este site oferece relações completas, com resumo e “links” para os websites de atrações, sítios históricos e muito mais. Você poderá encontrá-los por região, clicando em “Destinações” para selecionar a região do estado que irá visitar, selecionando então dentre as opções na lista da esquerda, ou clicando em “Experiências”, no menu próximo ao topo da tela.

A ordem executiva expedida na sexta-feira dia 27 de janeiro explicitamente revogava a isenção da entrevista para renovação de vistos ("visa interview waiver"), criada durante o governo Obama. A imprensa americana (veja aqui e aqui) interpretou a lei ao pé da letra: a partir de agora, quem fosse renovar o visto americano perderia o benefício da isenção de entrevista, e precisaria agendar entrevista como os solicitantes de primeiro visto -- o que causaria confusão em consulados ao redor do mundo.
×