Oi Carlos, vou viajar para Florença e ficarei hospedada durante 25 dias na casa de uma amiga que é italiana, eu entendi que ela deve fazer “Na internet há vários modelos de carta-convite já prontos para serem preenchidos. Peça ao seu anfitrião que redija a carta no idioma do país onde ele mora e que ao final, leve a um órgão correspondente do país para registrá-la oficialmente.”, mas como fazer depois que ela registrar? Deve me enviar essa carta,?Pode ser por email? Devo apresentar na imigração no aeroporto? Obrigado.
Desde 1985 quando o Tratado de Schengen foi assinado, o seu tamanho já aumentou bastante. Hoje o Espaço Schengen já engloba 26 países diferentes, sendo 22 deles membros da União Europeia. Se a sua viagem inclui países fora do Tratado de Schengen, você vai precisar fazer imigração na saída, e caso retorne ao Tratado de Schengen, vai ter que fazer imigração novamente. 

Agora, os menores que estejam viajando sozinhos para fora do Brasil ou acompanhados por apenas um dos pais/guardiães legais ou terceiros terão que apresentar a autorização de viagem que obedeça a Resolução 131. A autorização terá que ser apresentada no momento do “check in” perante a empresa área, marítima ou terrestre, mesmo se os pais ou outros guardiães legais estiverem presentes.
CIDADANIA ITALIANA: As regras e documentos são os mesmos para que está indo a turismo, mas chegando na Itália, você precisará fazer um Permesso de Sogiorno para concluir o seu processo sem preocupar com o tempo do visto, pois provavelmente o seu processo de reconhecimento de Cidadania Italiana vai ultrapassar pelo menos um pouco os 90 dias. Por exemplo: Você vai chegar na Itália, iniciar seu processo e com o comprovante de entrada dos documentos, vai solicitar o seu Permesso de Sogiorno.

Os visitantes provenientes de todos os demais países além dos citados anteriormente precisam de um visto dos Estados Unidos, que pode ser obtido através do consulado ou embaixada americana mais próxima. Marque uma entrevista com bastante antecedência à data em que planeja viajar, pois pode haver espera. Consulte a embaixada sobre quais formulários precisará preencher, que taxas deverá pagar (guarde o recibo) e que documentos deverá trazer para a entrevista. Os vistos geralmente são emitidos cerca de três semanas após a entrada do pedido no consulado.
In rare case of transaction status unknown to the applicant, which is when the applicant has not received success response due to time out or connectivity issue and the account has been debited, we advise the customer not to attempt another transaction immediately and rather provide their Order no. on the e-Visa site after 30 minutes to check the status of the transaction. If the transaction status is showing ?failed?, then customer may attempt another transaction. Also, the debited amount shall be refunded to the applicants? card account after reconciliation process within seven (7) days of transaction.

Visitantes da Flórida que estejam viajando com um passaporte válido, provenientes da Grã Bretanha, Irlanda, Holanda, França, Alemanha, Espanha, Itália, Japão, Suécia, Portugal e Suíça (e de 16 outros países; visite travel.state.gov para ver a lista completa), não necessitam de visto para viagem de férias ou de negócios com permanência nos Estados Unidos de até 90 dias. No entanto, é preciso que todos os visitantes estejam de posse de passagens de ida-e-volta, ou de retorno ao país de origem. Para permanências mais longas, todos os visitantes internacionais precisam obter um visto B-2 (turista a passeio não imigrante), que é válido por seis meses.
A primeira etapa da solicitação do visto americano, é preencher o formulário de requisição que está disponível online (clique aqui para acessar o site do governo americano), o famoso formulário DS-160. O formulário está em inglês e também deve ser preenchido em inglês, mas o site oferece tradução das perguntas do formulário quando você passa o cursor do mouse sobre as frases. Nesse formulário, você vai preencher dados pessoais, de contato e informações sobre seu histórico de viagens, como por exemplo se já teve vistos negados ou se já foi deportado de algum país. No vídeo abaixo, eu explico passo a passo todos os campos do DS-160.
Para chamar a polícia, os bombeiros ou uma ambulância, disque 9-1-1. Esta chamada é gratuita em qualquer telefone público (não é necessário usar moedas). Nas vias expressas, há caixas com telefones de emergência instaladas aproximadamente a cada 1 quilômetro (meia milha) que o colocarão em contato com o auxílio necessário. Os motoristas podem discar *FHP (*347) nas rodovias interestaduais e auto-estradas da Flórida para chamar a Polícia Rodoviária da Flórida (polícia estadual).

Antes de fazer uma viagem ao estran­geiro; informe-se na sua agência de via­gens, na companhia de aviação em que vai viajar ou nos consulados ou embai­xadas dos países que tenciona visitar do que precisa para entrar nesses países. Os cidadãos portugueses não necessi­tam de visto — nem de passaporte para os países da CEE, mas para muitos outros, além do passaporte, terão de obter um visto.
Olá, Claudio! Ao agendar seu passaporte, você escolhe a opção de entrega: buscar no consulado ou receber em casa pelo Correio. Na hora de marcar as entrevistas, você pode abrir uma outra janela no navegador para pesquisar passagens e ver a tarifa disponível para cada dia. É possível preencher com ajuda do tradutor do Google, mas o melhor é contratar um despachante especializado para fazer isso por você.
SBIePay is certified with Payment Card Industry Data Security Standard (PCI DSS) ver 3.2, which is the latest version, and which further reinforces our promise of security and safety. The payment system fully supports 3DSecure - Verified by Visa and MasterCard Secure Code, wherever it is applicable. Further, SBIePay is secured using Secure Sockets Layer (SSL) encryption which ensures that payment information that travels over the Internet is always encrypted and cannot be viewed by unauthorised individuals.
Brasileiros fazendo turismo na Europa, dentro do espaço que engloba o Tratado de Schengen (os 26 países) não precisam providenciar um visto antes da viagem. Existe um acordo entre o Brasil e a Europa que dá a isenção de visto para Brasileiros que desejam fazer turismo na Europa por até 90 dias consecutivos ou 180 dias no ano (veja regras abaixo). O controle de imigração é feito na fronteira do país de entrada na Europa e o agente da imigração confere a documentação e carimba o passaporte. Só isso! 
Prova de residência no seu país de origem, para onde tenha intenção de retornar ao final de sua viagem para os Estados Unidos.  Essa prova normalmente é estabelecida através de família, trabalho, propriedades e outros laços ou compromissos para com seu país de origem e que seja(m) suficiente(s) para forçar o solicitante a voltar quando do final de sua viagem.

Por exemplo: Você vai viajar com a sua mãe durante 15 dias. A soma dos valores do limite do seu cartão de crédito e dela, o dinheiro em espécie que cada um está carregando e o saldo bancário precisa ser superior a €1950 euros, ou €975 euros para cada um. Não importa se já está tudo pago, esse é o valor mínimo a ser comprovado para o oficial da imigração. Leia Quanto Custa Viajar pela Ásia, Europa e América do Sul
Caso seu passaporte não tenha validade suficiente para se adequar às regras, não é necessário aguardar que ele perca a validade para dar entrada em um novo. O ideal, para uma boa rotina de viajante, é emitir um novo passaporte antes de o antigo entrar em seus últimos seis meses de validade. Isto garante que o documento esteja válido para viajar para a Europa e para outros países que sejam ainda mais exigentes.
×