Por exemplo: se você vai viajar para a Europa dia 01/05 e ficará no Espaço Schengen até dia 01/06, seu passaporte precisa estar válido até dia 01/09. Se seu passaporte vencer antes dos 90 dias, programe-se para renová-lo com antecedência. Não precisa esperar vencer para renovar o passaporte. Leia Como Renovar o Passaporte: Passo a Passo Explicativo ou veja Como Tirar o Passaporte: Passo a Passo Explicativo
O que nós fazemos desde sempre é: levar um pequeno valor em euro para emergência e um cartão internacional desbloqueado, e chegando no aeroporto de Paris, realizar os saques em qualquer caixa eletrônico compatível com sua bandeira. A taxa de saque sai mais barata do que a conversão em casas de câmbio. E cartão pré pago hoje em dia é muito pouco utilizado. Sobre o valor é um pouco difícil de dizer, pois nunca ficamos esses dias todos em Paris, então não sabemos o valor de passeios e tal. Hospedagem e alimentação na cidade são caros.
Documento de identidade para os maiores de 12 anos. Aqui são válidos: RG, CNH, CTPS, passaporte brasileiro anterior, carteira funcional ou de identidade expedida por órgão público e carteira de identidade expedida por órgão fiscalizador do exercício de profissão regulamentada por lei. Vale lembrar que pessoas com modificação de nome, como por exemplo, casamento ou divórcio, devem apresentar as certidões atualizadas e originais que comprovem a mudança. A Rê tomou maior bronca quando foi tirar o passaporte e todos os documentos dela tinham o nome de solteira, sorte que ela tinha uma certidão de casamento original em mãos. 

Você poderá requerer sua licença de casamento no Cartório da Comarca, em qualquer distrito da Flórida. Ambos os noivos devem possuir um passaporte válido e caso se faça necessário, virem acompanhados por um tradutor que possua carteira de motorista americana válida nos Estados Unidos. Não é exigido exame de sangue, e não há período de espera para o casamento de pessoas não residentes na Flórida. A licença tem validade de 60 dias.
tudo bem ! estou me planejando para ir a suiça agora no final de junho dia 30 e retorno dia 17 julho…Estou na duvida em questão do quanto irei levar para la pq irei ficar em casa de amigos …qual valor exatamente devo levar para apresentar na imigração para eu poder ir segura que eu nao irei volta para o brasil por conta disso …. minhas passagens ja estão comprada ida e volta , vc acha que terei algum problema quanto a isso !
OS 26 PAÍSES QUE FAZEM PARTE DO TRATADO DE SCHENGEN SÃO:Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia, Suíça. Por exemplo: Se você vai viajar por Portugal, Espanha, França e Itália, você só vai passar pela imigração quando chegar em Portugal. 
Irei sozinha para Paris, Munique, Praga, Viena, Bratislava, Budapeste, Zagrebe, e cidades da Itália. Serão 28 dias. Vou com a Maioria dos voucher de passagens pagas, e passagem de retorno para o Brasil saindo de Roma, todas as hospedagens também quitadas… pretendo levar a quantia de 1500 euros em especie e 2 cartões internacionais(1 com 1300 euros de limite e outro com 500 euros de limite). Eu vi no Post que a media segura é de 65 euros por dia, no meu caso será menos que 55 euros por dia (em especie), Como já terei pago as passagens e os hotéis, mesmo assim você acha mais seguro ir com 65 diários? Ou posso ir tranquila já que a maior parte do gasto já estará paga.
Bom dia amigo, estou planejando uma viagem de cerca de um ano pela Europa, mochilando e fazendo work exchange dentro e fora da área Schengen. Entretanto, me deparo com o problema da passagem de volta, já que mochilando e conhendo novas pessoas posso mudar de destino facilmente, não tendo assim como prever onde estarei depois de 90 dias e para qual país fora da área que irei. Você tem alguma sugestão em como eu poderia contornar esse problema?
Caso seu passaporte não tenha validade suficiente para se adequar às regras, não é necessário aguardar que ele perca a validade para dar entrada em um novo. O ideal, para uma boa rotina de viajante, é emitir um novo passaporte antes de o antigo entrar em seus últimos seis meses de validade. Isto garante que o documento esteja válido para viajar para a Europa e para outros países que sejam ainda mais exigentes. 

Technical information for e-visa: This site is best viewed in Mozilla Firefox,Google Chrome,Internet Explorer (Windows) version 9.0 and above.The applicant must also have Adobe Acrobat Reader version 7.0 or higher installed on your PC in order to download and print the completed application form. This website is compatible with Android and IOS devices.
DÚVIDAS SOBRE A EMISSÃO DO PASSAPORTE? Recomendo você ligar gratuitamente para o número 194, ou andar e-mail para a Polícia Federal no endereço faleconosco@dpf.gov.br. Mais uma vez, como a Renata e eu não somos especialistas em passaporte, as perguntas relacionadas ao tema que forem deixadas nos comentários dessa página, serão aprovadas, porém não respondidas. Melhor não falar nada do que falar qualquer achismo, certo?
A Passagem de volta para o Brasil ou de saída do Espaço Schengen (26 países) é frequentemente o documento mais exigido pelos oficiais da imigração. Tenha ela impressa nas mãos na hora de entrar na Europa. Se você não tiver a passagem de volta ou saída, abre margem para o oficial desconfiar que você esteja querendo imigrar ilegalmente, mesmo que não seja esse o caso. 
TRATADO DE SCHENGEN X UNIÃO EUROPEIA: Fazer parte na União Europeia não significa fazer parte do Tratado de Schengen, e vice-versa. Por exemplo: Liechtenstein, Islândia, Noruega, Suíça fazem parte do Tratado de Schengen, mas não fazem da União Europeia. Enquanto Irlanda, Reino Unido, Bulgaria, Chipre, Croácia e Romênia fazem parte da União Europeia, mas não fazem do Tratado de Schengen. Leia San Marino em 1 Dia: Tudo sobre o país mais antigo do mundo

5. Conforme as regras gerais o emolumento consular pela concessão do visto é de 35 euros (são excluidos desta regra o visto de trabalho, o visto de ensino que prevê o curso completo de educação nos estabelecimentos de ensino na Rússia, o visto do residente temporário e o visto para solicitar asilo – no caso da concessão destas categorias as tarifas cobradas continuam as mesmas).


Irei sozinha para Paris, Munique, Praga, Viena, Bratislava, Budapeste, Zagrebe, e cidades da Itália. Serão 28 dias. Vou com a Maioria dos voucher de passagens pagas, e passagem de retorno para o Brasil saindo de Roma, todas as hospedagens também quitadas… pretendo levar a quantia de 1500 euros em especie e 2 cartões internacionais(1 com 1300 euros de limite e outro com 500 euros de limite). Eu vi no Post que a media segura é de 65 euros por dia, no meu caso será menos que 55 euros por dia (em especie), Como já terei pago as passagens e os hotéis, mesmo assim você acha mais seguro ir com 65 diários? Ou posso ir tranquila já que a maior parte do gasto já estará paga.
Tenho uma dúvida, se puder me ajudar. Em Novembro irei passar 15 dias na Europa, Amsterdam, Londres e Paris. Tenho tudo comprado, passagens ida e volta, hospedagens, seguro e estou levando em especie uma media de 110 euros por dia, fora meu cartão black. A dúvida é o seguinte, não tenho registro de emprego, trabalho na empresa do meu pai, é necessário comprovar emprego fixo ou algo do tipo para entrar?
Oi Carlos, vou viajar para Florença e ficarei hospedada durante 25 dias na casa de uma amiga que é italiana, eu entendi que ela deve fazer “Na internet há vários modelos de carta-convite já prontos para serem preenchidos. Peça ao seu anfitrião que redija a carta no idioma do país onde ele mora e que ao final, leve a um órgão correspondente do país para registrá-la oficialmente.”, mas como fazer depois que ela registrar? Deve me enviar essa carta,?Pode ser por email? Devo apresentar na imigração no aeroporto? Obrigado.
A ordem executiva expedida na sexta-feira dia 27 de janeiro explicitamente revogava a isenção da entrevista para renovação de vistos ("visa interview waiver"), criada durante o governo Obama. A imprensa americana (veja aqui e aqui) interpretou a lei ao pé da letra: a partir de agora, quem fosse renovar o visto americano perderia o benefício da isenção de entrevista, e precisaria agendar entrevista como os solicitantes de primeiro visto -- o que causaria confusão em consulados ao redor do mundo.

A Carteira Internacional de Motorista é uma forma barata e útil de identificação para se ter à mão, mesmo que você não pretenda dirigir. Esta deverá ser emitida em seu próprio país, antes da viagem. Peça a sua carteira através da agência local ou nacional do seu automóvel clube. O requerimento normalmente exige uma ou duas fotos, carteira de motorista válida, uma forma adicional de identificação e o pagamento de uma taxa. A Carteira Internacional de Motorista não substitui a sua carteira de motorista normal, portanto, você deverá andar com ambas no bolso, caso planeje dirigir. A Carteira Internacional de Motorista é válida por um ano.


É conveniente pedir o visto com algu­mas semanas de antecedência — os Consulados de alguns países demoram vários dias a concede-lo. Por outro lado, se vai visitar mais do que um país, tem de contar com mais tempo, porque será necessário levar o passaporte aos diferentes consulados para que lhe sejam concedidos os diversos vistos. Além disso, pode ainda acontecer que o país que quer visitar não lenha consu­lado no nosso país. Nestes casos, ou existe um consulado de outro país que representa o primeiro e, portanto, con­cede os vistos para esse país, ou a do­cumentação terá que ser enviada para o país mais próximo do nosso em que exista um consulado do país em causa ou um consulado que o represente. Este processo torna obviamente mais demo­rada a obtenção do visto.
Os vistos de não-imigrantes são destinados a cidadãos de outros países que estejam indo temporariamente para os EUA. O visto permite que você viaje a uma porta de entrada nos EUA (aeroporto, por exemplo) e solicite permissão de um funcionário do Serviço de Alfândega e Proteção de Fronteiras do Departamento de Segurança Interna (DHS) para entrar nos Estados Unidos. Um visto não garante a entrada nos Estados Unidos.
Menores de 18 anos devem estar presentes, juntamente com seus pais e representantes legais. De acordo com o site da Polícia Federal, na ausência de um dos pais, é necessário apresentar o formulário de autorização descrito no passo 1 com a firma do pai/mãe ausente reconhecida em cartório ou procuração específica, autorizando a emissão de passaporte ao menor, outorgada por um genitor ao outro, lavrada em cartório (procuração pública) ou com firma reconhecida (procuração particular). Maiores de 18 anos, devem estar presentes no momento da entrega dos documentos.
Nara, este valor não é uma estimativa de gastos, já que cada viajante tem um orçamento diferente. É um valor mínimo que podem exigir comprovação para autorizar sua entrada no Espaço Schengen. Eu já ouvi quem diga que, caso você viaje com as hospedagens pagas, o valor a comprovar pode ser menor, mas como não encontrei esta informação oficialmente em nenhum lugar, não dou certeza e nem recomendo que se viaje contado com isso.
tudo bem ! estou me planejando para ir a suiça agora no final de junho dia 30 e retorno dia 17 julho…Estou na duvida em questão do quanto irei levar para la pq irei ficar em casa de amigos …qual valor exatamente devo levar para apresentar na imigração para eu poder ir segura que eu nao irei volta para o brasil por conta disso …. minhas passagens ja estão comprada ida e volta , vc acha que terei algum problema quanto a isso !
CIDADANIA ITALIANA: As regras e documentos são os mesmos para que está indo a turismo, mas chegando na Itália, você precisará fazer um Permesso de Sogiorno para concluir o seu processo sem preocupar com o tempo do visto, pois provavelmente o seu processo de reconhecimento de Cidadania Italiana vai ultrapassar pelo menos um pouco os 90 dias. Por exemplo: Você vai chegar na Itália, iniciar seu processo e com o comprovante de entrada dos documentos, vai solicitar o seu Permesso de Sogiorno.
Na próxima página, preencha seu endereço, endereço de correspondência, telefones e e-mail. Na sequência, o formulário pede os dados do passaporte (tipo, número, data e local de emissão, data de validade e se você já perdeu ou teve um passaporte roubado) e da viagem (propósito – turismo, negócios, etc -, data estimada de chegada, tempo de permanência, endereço nos Estados Unidos e quem está pagando pela sua viagem). 

The documents required for completing the eVisa application is indicated against each type of eVisa. Please keep all these documents ready at hand before beginning to fill your eVisa application. All documents including Business cards, Invitation letters etc. must be in English language, failing which the application would be liable for rejection. The entire process may take 10 to 15 minutes to complete the application and make the payment.Applicants must be fill eVisa application himself/herself and give correct information in each column and take responsibility for the correctness of information provided.
A ordem executiva expedida na sexta-feira dia 27 de janeiro explicitamente revogava a isenção da entrevista para renovação de vistos ("visa interview waiver"), criada durante o governo Obama. A imprensa americana (veja aqui e aqui) interpretou a lei ao pé da letra: a partir de agora, quem fosse renovar o visto americano perderia o benefício da isenção de entrevista, e precisaria agendar entrevista como os solicitantes de primeiro visto -- o que causaria confusão em consulados ao redor do mundo.

A ordem executiva expedida na sexta-feira dia 27 de janeiro explicitamente revogava a isenção da entrevista para renovação de vistos ("visa interview waiver"), criada durante o governo Obama. A imprensa americana (veja aqui e aqui) interpretou a lei ao pé da letra: a partir de agora, quem fosse renovar o visto americano perderia o benefício da isenção de entrevista, e precisaria agendar entrevista como os solicitantes de primeiro visto -- o que causaria confusão em consulados ao redor do mundo.
Logo, ter a passagem de retorno é item obrigatório na lista de documentos para viajar para Europa. Sem ela, o viajante corre o risco de sequer embarcar, já que muitas companhias aéreas conferem a documentação ainda no momento do check in. Fazem isso para evitar serem obrigadas a custear o retorno de quem foi barrado por não ter a documentação correta.
Já a entrevista consular, pode ser feita em São Paulo, Rio, Brasília ou Recife. O processo aqui é mais demorado e o cônsul irá determinar se você poderá ou não ter o visto dos EUA. Vale de novo a recomendação de levar documentos que comprovem os seus vínculos com o Brasil e que você tem intenção de retornar ao país depois de uma viagem aos EUA. Na grande maioria dos casos, a gente gasta um tempão arrumando tudo e eles não pedem nada, mas é melhor prevenir do que remediar né? Vale também lembrar que existem alguns casos de pessoas que são isentas de entrevista consular, como mencionei acima. Clique aqui para ver os requisitos oficiais desde fevereiro/2017.

Os vistos de não-imigrantes são destinados a cidadãos de outros países que estejam indo temporariamente para os EUA. O visto permite que você viaje a uma porta de entrada nos EUA (aeroporto, por exemplo) e solicite permissão de um funcionário do Serviço de Alfândega e Proteção de Fronteiras do Departamento de Segurança Interna (DHS) para entrar nos Estados Unidos. Um visto não garante a entrada nos Estados Unidos.
é importante tb vc saber q se vc nao for pegar um vôo direto BR – PT, ou seja, se for fazer conexao em outro país, vc tem q procurar informaçoes especificas, pq se eu nao me engano, vc passará pela imigraçao nesse país de conexao. digo isso pq conheco uma pessoa q vai a portugal mes q vem e vai fazer conexao na espanha e tá pegando informaçoes concretas sobre o caso. pode ser q nao precise de nada, mas é melhor ter tudo certinho na hora do q ficar plantado no aeroporto por causa de problemas com documentos.

Você encontrará muitas coisas que já conhece e ama, mas também descobrirá coisas novas, já que há algumas peculiaridades no país. Alguns exemplos são as unidades de medida, o fornecimento da rede elétrica, o horário comercial e os feriados oficiais. Sugerimos que você comece por uma breve visão geral dos costumes e da cultura dos EUA. Nessa seção você encontrará informações sobre viagens em família, planejamento de atividades,compras  e algumas informações sobre saúde e segurança no país. Independentemente da duração da sua viagem, essas seções ajudarão você a tomar decisões mais bem informadas.
Para chamar a polícia, os bombeiros ou uma ambulância, disque 9-1-1. Esta chamada é gratuita em qualquer telefone público (não é necessário usar moedas). Nas vias expressas, há caixas com telefones de emergência instaladas aproximadamente a cada 1 quilômetro (meia milha) que o colocarão em contato com o auxílio necessário. Os motoristas podem discar *FHP (*347) nas rodovias interestaduais e auto-estradas da Flórida para chamar a Polícia Rodoviária da Flórida (polícia estadual).
Exige-se licença para a pesca em água doce e salgada no estado da Flórida, e esta pode ser obtida em muitas marinas, lojas de material para pesca e na Coletoria de Impostos do condado local. Para obter informações mais detalhadas e inteirar-se dos regulamentos para caça e pesca de água doce e salgada, bem como sobre os melhores locais para se observar animais selvagens, as melhores trilhas naturais e sobre segurança no uso de embarcações, visite: www.myfwc.com
– A comprovação é por todo o período Schengen. Por este seu roteiro, ao entrar em Lisboa você tem que provar que se sustenta por 90 dias ou até a data de sua passagem de saída para a Croácia. Se seu roteiro fosse em outra ordem, por exemplo, Lisboa (30 dias) – Croácia (30 dias) – Sevilla (30 dias), aí sim sua comprovação seria apenas de 30, pois você sairia do Schengen pela Croácia e depois retornaria por Sevilla tendo que comprovar outros 30.
Tenho uma dúvida, se puder me ajudar. Em Novembro irei passar 15 dias na Europa, Amsterdam, Londres e Paris. Tenho tudo comprado, passagens ida e volta, hospedagens, seguro e estou levando em especie uma media de 110 euros por dia, fora meu cartão black. A dúvida é o seguinte, não tenho registro de emprego, trabalho na empresa do meu pai, é necessário comprovar emprego fixo ou algo do tipo para entrar?
Visitas a países inimigos. Se vai visi­tar dois países inimigos (por exemplo, Israel e a maioria dos Estados árabes), peça nos consulados dos países cm causa que lhe carimbem o visto no pas­saporte em folhas soltas que possam ser agregadas ao passaporte e retiradas depois da visita. Em alternativa, pode requerer um segundo passaporte em seu nome. válido só para um dos dois países inimigos para evitar quaisquer problemas ao chegar à fronteira.
Não esqueça de fazer o Seguro Viagem obrigatório para Europa (30mil euros)! Eu já precisei (contei aqui) e não tinha. Não cometa meu erro! Fazendo o seguro através do nosso link você não paga nada a mais e ainda nos ajuda a continuar viajando. Use o código EDUARDOEMONICA5 para ganhar 5% de desconto, e se pagar no boleto, ganha mais 5%. No cartão de crédito dá para parcelar em até 12x sem juros.

7. As seguintes categorias de pessoas são livres de pagarem emolumentos: a) parentes próximos – esposos, filhos (inclusive adoptados), pais (inclusive encarregados de educação ou tutores), avós, netos dos nacionais dos estados-membros da UE que residem legalmente no território da Rússia; b) membros das delegações oficiais, os quais na base dum convite dirigido ao Estado-membro ou à UE participam nos encontros oficiais, consultas, negociações ou programas de intercâmbio, bem como nos eventos organizados no território da Federação da Rússia por organizações intergovernamentais; c) membros dos governos e parlamentos nacionais ou regionais, tribunais constitucionais ou supremos, caso eles não são livres de necessidade de obter o visto (conforme o Acordo sobre a facilitação da concessão dos vistos entre a Rússia e a UE); d) alunos, estudantes, estudantes em pos-graduação que se dirigem para estudos ou estágio de estudos e professores que os acompanham; e) pessoas de capacidades reduzidas e seus acompanhantes caso seja necessário; f) pessoas que apresentaram documentos comprovantes da necessidade de efectuar uma viagem de carácter humanitário, inclusive para tratamento médico de urgência, e seus acompanhantes, bem como para estar presente num enterramento ou visitar um próximo gravemente doente; g) participantes nos eventos desportivos internacionais de juventude e seus acompanhantes; h) pessoas que participam nas actividades científicas, culturais ou outras de carácter criativo, inclusive nos programas de intercâmbio entre universidades e outros; i) participantes nos programas oficiais de intercâmbio entre as cidades geminadas.
Recent front facing photograph with white background and photo page of Passport containing personal details like name, date of birth, nationality, expiry date etc are to be uploaded mandatorily by the applicant. Additionally one more document depending upon the e-Visa type would also be required to be uploaded. The application is liable to be rejected if the uploaded documents and photograph are not clear / as per specification.
Passaporte e visto americano são dois temas muito pedidos aqui no VPD e hoje vamos tentar ajudar a todos que buscam um passo a passo de como se preparar para uma viagem ao exterior. Vale lembrar que é recomendado que ambos passaporte e visto sejam obtidos antes mesmo da compra da passagens e reserva dos hotéis, pois sem eles uma pessoa não pode entrar nos EUA.
TRATADO DE SCHENGEN X UNIÃO EUROPEIA: Fazer parte na União Europeia não significa fazer parte do Tratado de Schengen, e vice-versa. Por exemplo: Liechtenstein, Islândia, Noruega, Suíça fazem parte do Tratado de Schengen, mas não fazem da União Europeia. Enquanto Irlanda, Reino Unido, Bulgaria, Chipre, Croácia e Romênia fazem parte da União Europeia, mas não fazem do Tratado de Schengen. Leia San Marino em 1 Dia: Tudo sobre o país mais antigo do mundo
CIDADANIA ITALIANA: As regras e documentos são os mesmos para que está indo a turismo, mas chegando na Itália, você precisará fazer um Permesso de Sogiorno para concluir o seu processo sem preocupar com o tempo do visto, pois provavelmente o seu processo de reconhecimento de Cidadania Italiana vai ultrapassar pelo menos um pouco os 90 dias. Por exemplo: Você vai chegar na Itália, iniciar seu processo e com o comprovante de entrada dos documentos, vai solicitar o seu Permesso de Sogiorno.
Oi Carlos, vou viajar para Florença e ficarei hospedada durante 25 dias na casa de uma amiga que é italiana, eu entendi que ela deve fazer “Na internet há vários modelos de carta-convite já prontos para serem preenchidos. Peça ao seu anfitrião que redija a carta no idioma do país onde ele mora e que ao final, leve a um órgão correspondente do país para registrá-la oficialmente.”, mas como fazer depois que ela registrar? Deve me enviar essa carta,?Pode ser por email? Devo apresentar na imigração no aeroporto? Obrigado.
Você poderá trocar o seu dinheiro na maioria dos aeroportos principais, bancos, em agências privadas de câmbio, como a do American Express ou Thomas Cook, e em alguns hotéis. Os escritórios de câmbio internacional nos aeroportos normalmente permanecem abertos de segunda a sábado, até a chegada do último vôo internacional. A maioria dos bancos abre de segunda a sexta, das 9:00 às 16:00, sendo que algumas agências abrem também aos sábados pela manhã.
Visitantes da Flórida que estejam viajando com um passaporte válido, provenientes da Grã Bretanha, Irlanda, Holanda, França, Alemanha, Espanha, Itália, Japão, Suécia, Portugal e Suíça (e de 16 outros países; visite travel.state.gov para ver a lista completa), não necessitam de visto para viagem de férias ou de negócios com permanência nos Estados Unidos de até 90 dias. No entanto, é preciso que todos os visitantes estejam de posse de passagens de ida-e-volta, ou de retorno ao país de origem. Para permanências mais longas, todos os visitantes internacionais precisam obter um visto B-2 (turista a passeio não imigrante), que é válido por seis meses.
×